11 de Setembro de 2008 / às 20:18 / 9 anos atrás

Novo empate desperta desconfiança sobre seleção da Argentina

Por Brian Homewood

BUENOS AIRES (Reuters) - O estrelado time argentino empacou inexplicavelmente contra o Peru na quarta-feira, e o 1 x 1 em Lima representa o quarto empate consecutivo e o quinto jogo do país sem vitórias nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010.

A equipe de Alfio Basile desembarcou na quinta-feira em Buenos Aires em meio a rumores de brigas internas e sob a frustração generalizada quanto ao fato de o time não atingir seu potencial.

Mesmo jogando mal, um gol de Esteban Cambiasso aos 38 minutos do segundo tempo parecia destinado a selar a vitória dos campeões olímpicos, mas Johan Fano empatou aos 49, no último lance do jogo.

A irritação de Basile refletida nos gestos à beira do campo, num misto de raiva e incredulidade, resumia o clima para os argentinos.

“Essa fase vai acabar. A partida foi equilibrada, houve chances para os dois lados”, disse Basile, que tem como próximo adversário o Uruguai, em casa, no último jogo do primeiro turno.

“Todos na Argentina sabem que precisamos de tempo para trabalhar, mas só temos os jogadores durante quatro dias antes dos jogos”, queixou-se.

Lionel Messi, que passou o jogo marcado duramente pela defesa peruana, já alertava antes da partida que o confronto seria difícil.

“As eliminatórias são sempre complicadas, e a maioria dos outros times joga defensivamente contra nós”, disse ele. “Só passamos alguns dias juntos, e precisamos de tempo como grupo.”

Mas a imprensa não perdoou. A entrada de Sebastian Battaglia, um especialista em marcação, em vez de Angel Di Maria, no lugar de Jonas Gutiérrez, foi o pontos mais questionado.

Gutiérrez deixou o campo no primeiro tempo com um deslocamento no ombro.

Basile ainda terá muitos problemas para escalar o time para a próxima rodada. O atacante Carlos Tevez enfrenta uma longa suspensão após o cartão vermelho de sábado passado contra o Paraguai, o seu segundo em três jogos.

A Argentina está em terceiro lugar nas eliminatórias, com 13 pontos em 8 jogos, só três pontos à frente da Colômbia, em sexto lugar (o que não dá direito nem a disputar uma vaga na repescagem). O Paraguai lidera, e o Brasil vem em segundo.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below