Com Riquelme e sem Messi, Argentina inicia caminho para Pequim

terça-feira, 22 de janeiro de 2008 20:41 BRST
 

BUENOS AIRES (Reuters) - O talentoso meio-campista Juan José Riquelme, do Boca Juniors, foi convocado na terça-feira pelo técnico Sergio Batista para a seleção olímpica argentina, que inicia sua preparação para os Jogos Olímpicos de Pequim sem a presença de Lionel Messi.

Batista, que dirigirá a equipe olímpica em agosto no lugar de Alfio Basile, convocou 15 jogadores juvenis e três maiores de 23 anos, seguindo o limite imposto pela regra olímpica.

Além de Riquelme, de 29 anos, os outros veteranos são o meia Javier Mascherano, do Liverpool, e Martín Demichelis, do Bayern de Munique.

Messi, do Barcelona, foi excluído por decisão da Associação de Futebol Argentino (AFA), porque na época dos Jogos estará disputando as eliminatórias sul-americanas da Copa de 2010.

A Argentina tentará o bicampeonato olímpico -- seu primeiro e único título foi em Atenas-04. Seu primeiro amistoso preparatório será em 6 de fevereiro, contra a Guatemala, em Los Angeles. A equipe embarca no dia 1o.

A AFA disse que a lista de convocados ainda poderá ser alterada nos próximos dias. Por enquanto, é a seguinte:

Oscar Ustari (Getafe, Espanha), Gonzalo Higuaín e Fernando Gago (Real Madrid, Espanha), Pablo Zabaleta (Espanyol, Espanha), Ezequiel Garay (Racing de Santander, Espanha), Sergio Agüero (Atlético de Madrid, Espanha), Federico Fazio (Sevilla, Espanha), Ever Banega (Valencia, Espanha), José Sosa e Martín Demichelis (Bayern Munich, Alemanha).

Javier Mascherano (Liverpool, Inglaterra), Angel Di María (Benfica, Portugal), Cristian Ansaldi (Rubin Kasan, Rússia), Ezequiel Lavezzi (Napoli, Itália), Sergio Romero (AZ Alkmaar, Holanda), Damián Escudero (Vélez Sarsfield, Argentina), Juan Román Riquelme (Boca Juniors, Argentina) e Marco Ruben (River Plate, Argentina).