Recurso da McLaren ofusca alegria de Raikkonen pelo título

segunda-feira, 22 de outubro de 2007 14:19 BRST
 

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - Kimi Raikkonen pode ter de esperar vários dias, ou até semanas, para ter certeza absoluta de que é o novo campeão da Fórmula 1.

Enquanto o finlandês comemorava sua vitória inesperada com a Ferrari no Grande Prêmio do Brasil, em Interlagos, no domingo, seus rivais da McLaren preparavam um recurso que pode pôr em risco seu primeiro título.

Numa temporada que já teve um escândalo de espionagem, entre outras polêmicas, talvez ainda haja mais angústia. O beneficiado seria o estreante Lewis Hamilton, que herdaria o título.

O bicampeão Fernando Alonso, da McLaren, que ficou só um ponto atrás do finlandês, empatado com o companheiro de equipe Lewis Hamilton, não quer que isso aconteça.

"O esporte vai afundar se eles (a McLaren e Hamilton) ganharem o título desse jeito", disse ele à rádio espanhola Cadena Ser.

"Eu ficaria arrasado se isso acontecesse", acrescentou Alonso, que deve decidir nas próximas semanas seu futuro dentro da equipe.

A McLaren informou à FIA (Federação Internacional de Automobilismo) que pretende recorrer contra a decisão dos comissários de não punir Williams e BMW-Sauber pelas irregularidades na temperatura dos combustíveis em Interlagos.

Como três posições à frente de Hamilton foram ocupadas por pilotos dessas equipes, o britânico de 22 anos poderia faturar o título. Hamilton chegou em sétimo, quando precisava chegar em quinto.   Continuação...

 
<p>Piloto da Ferrari Kimi Raikkonen e o espanhol da McLaren Fernando Alonso comemoram no p&oacute;dio do Grande Pr&ecirc;mio do Brasil, em Interlagos, no domingo. Kimi Raikkonen pode ter de esperar vrios dias, ou at semanas, para ter certeza absoluta de que  o novo campeo da Frmula  Photo by Sergio Moraes
  REUTERS/Sergio Moraes</p>