Aston Villa empata com Everton e permanece na briga pela Uefa

domingo, 27 de abril de 2008 15:55 BRT
 

Por Mitch Philips

LONDRES (Reuters) - O Aston Villa por duas vezes saiu de uma situação de desvantagem e conseguiu um importante empate em 2 a 2 com Everton neste domingo, prolongando a briga pelo quinto lugar no Campeonato Inglês e uma vaga na Copa da Uefa.

O gol de Phil Neville colocou o Everton na frente aos dez minutos do segundo tempo, mas três gols nos últimos cinco minutos mantiveram a emoção em alta e é provável que mantenha a disputa aberta até o último dia da temporada.

O resultado deixou o Everton com 62 pontos, três à frente do Villa, com apenas dois jogos para o final do campeonato. O Everton enfrenta o Arsenal na próxima rodada, antes de receber o Newcastle United. Enquanto isso, o Villa joga em casa contra o Wigan Athletic e encerra sua temporada diante do West Ham United.

Finalista da FA Cup, o Portsmouth continua em sétimo com 57 pontos, depois de perder por 1 a 0 para o Blackburn Rovers, no jogo de abertura da rodada deste domingo, graças ao gol de Roque Santa Cruz, e agora está fora da briga.

Há um mês, o Everton pressionava o Liverpool pelo quarto lugar, mas suas atuações fracas não só acabaram com suas esperanças de se classificar para a Liga dos Campeões como colocaram em perigo sua quinta colocação.

O Villa segue em frente depois de vencer seus últimos três jogos e marcar 15 gols, na tentativa não somente de alcançar o Everton na tabela, mas tirar a diferença de gols que os separa.

Ashley Young, do Villa, chegou perto de fazer um gol ao colocar uma bola no travessão numa cobrança de falta, mas o jogo esquentou quando o chute de Neville entrou depois do desvio de Martin Laursen.

A partida então ganhou em emoção com três gols em cinco minutos, o primeiro com o empate de Gabriel Agbonlahor, aos 35 do segundo tempo.

O gol de Joseph Yobo, aos 39, restabeleceu a vantagem do Everton momentaneamente, apenas para John Carew marcar de cabeça o gol de empate um minuto depois.

Na rodada de sábado, Michael Ballack marcou dois gols, o segundo sendo um pênalti já no final da partida, e garantiu a vitória do Chelsea sobre o Manchester United por 2 a 1, em Stamford Bridge, o que permitiu ao time se igualar ao atual campeão com 81 pontos, com apenas dois jogos para o final da temporada.