Lehmann alerta técnico do Arsenal que não o humilhe de novo

terça-feira, 23 de outubro de 2007 14:35 BRST
 

BERLIM (Reuters) - O goleiro alemão Jens Lehmann advertiu o técnico do Arsenal, Arsene Wenger, que seria perigoso "humilhá-lo" deixando-o mais tempo na reserva.

"Pode ser que algum dia eu tenha vontade de falar sobre essa questão", disse Lehman numa entrevista ao canal de TV paga Premiere, que seria transmitida na noite de terça-feira.

Lehmann ficou de fora do jogo do Arsenal contra o Bolton, pelo Campeonato Inglês, no sábado.

"Mas por enquanto estou engolindo tudo, como parte da humilhação. Acho, e isso é para o meu querido treinador, que não se devia humilhar jogadores por muito tempo."

Wenger preferiu o espanhol Manuel Almunia e não relacionou Lehmann nem para o banco. O reserva de Almunia foi o goleiro polonês Lukasz Fabianski.

"Wenger falou de três goleiros de categoria internacional", disse Lehman. "Um deles tem de ser eu. Os outros dois mostraram sua categoria ganhando títulos? Talvez hoje em dia se é de categoria internacional de qualquer jeito."

Lehmann, de 37 anos, ganhou a Copa da Uefa em 1997 com o Schalke 04, o Campeonato Alemão em 2002 com o Borussia Dortmund e o Campeonato Inglês com o Arsenal em 2004.

O goleiro foi o titular da Alemanha no empate por 0 x 0 com a Irlanda este mês pelas eliminatórias da Eurocopa de 2008.

(Por Eric Kirschbaum)