September 10, 2008 / 2:22 PM / in 9 years

Na casa da Ferrari, Massa pode ultrapassar Hamilton

3 Min, DE LEITURA

<p>O polito de F1 Felipe Massa faz contorna curva durante o GP da B&eacute;lgica, dia 7 de setembro. Depois de ter visto sua vit&oacute;ria no GP da B&eacute;lgica escorrer por entre os dedos, o piloto Lewis Hamilton, da McLaren, precisa se esfor&ccedil;ar para continuar na lideran&ccedil;a do campeonato de F&oacute;rmula 1 na pr&oacute;xima corrida do calend&aacute;rio, marcada para ocorrer no domingo, na casa da Ferrari. Photo by Francois Lenoir</p>

Por Alan Baldwin

LONDRES (Reuters) - Depois de ter visto sua vitória no GP da Bélgica escorrer por entre os dedos, o piloto Lewis Hamilton, da McLaren, precisa se esforçar para continuar na liderança do campeonato de Fórmula 1 na próxima corrida do calendário, marcada para ocorrer no domingo, na casa da Ferrari.

Os torcedores italianos esperam que o ferrarista Felipe Massa, que herdou a vitória em Spa Francorchamps na semana passada depois de Hamilton ter caído para o terceiro lugar e o campeão mundial Kimi Raikkonen ter batido, consiga aproveitar-se em Monza de seu bom momento.

"Estou realmente motivado para termos uma grande corrida lá, especialmente diante de todos os torcedores da Ferrari", disse o brasileiro, dois pontos atrás de Hamilton. Faltam cinco corridas para o final do campeonato.

No ano passado, o circuito mais antigo e mais rápido do calendário marcou o momento em que Massa, ao sofrer uma falha em seu sistema de suspensão logo no começo da disputa, desistiu de lutar pelo título e passou a contribuir para a conquista de Raikkonen.

No domingo, os dois pilotos podem trocar de lugar. O finlandês, 19 pontos atrás de Hamilton, chega ao último circuito europeu da temporada com poucas chances de tornar-se bicampeão.

Raikkonen, sem vencer uma corrida desde o final de abril, recusou-se, no entanto, a abrir mão de suas esperanças.

"Vou me esforçar ao máximo para vencer, pela equipe e pelos torcedores", disse.

"Seria fantástico vencer o GP italiano pela primeira vez. Não tenho nada a perder. Então, vou me dedicar ao máximo, vou fazer de tudo."

Se marcar dois pontos a mais que Hamilton, Massa passará a liderar o campeonato por ter uma vitória a mais (cinco contra quatro, neste momento) -- isso, ao menos, até ser julgada a apelação feita pela McLaren sobre o resultado da corrida em Spa.

O britânico, 23 anos, também aposta alto em Monza, onde a McLaren e seus motores Mercedes conquistaram os dois primeiros lugares no ano passado.

"Essa será uma batalha muito dura", disse Hamilton a respeito da disputa. "Mas eu vou fazer tudo o que puder para chegar à próxima corrida tão forte como agora, senão mais forte."

"Eu sei que posso ficar mais competitivo. Então, a equipe e eu vamos fazer isso e nós continuaremos a melhorar", afirmou.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below