4 de Junho de 2008 / às 00:12 / 9 anos atrás

Rio deve continuar na disputa por Olimpíada de 2016

Por Karolos Grohmann

ATENAS (Reuters) - Sete cidades que desejam organizar os Jogos Olímpicos de 2016 ficarão sabendo na quarta-feira se continuam ou não no páreo, ingressando assim na rodada final da disputa a ser decidida no próximo ano pelo Comitê Olímpico Internacional (COI).

O Quadro de Diretores do COI escolherá um número indefinido de cidades para integrar uma lista final de concorrentes. Depois disso, os candidatos remanescentes apresentarão projetos detalhados, permitindo aos especialistas da entidade avaliar esses planos antes de uma decisão ser tomada, em outubro de 2009.

Prevê-se que Chicago, Tóquio, Madri, o Rio de Janeiro e Doha passem para a próxima rodada da disputa.

Praga, capital da República Tcheca, e Baku, capital do Azerbaijão, são apontadas como azarões na corrida.

“A escolha se baseará em uma avaliação detalhada a ser realizada pelo grupo de trabalho do COI a respeito da habilidade de cada candidato de organizar de forma competente os Jogos de 2016”, disse a entidade.

Pequim recebe as Olimpíadas deste ano, e Londres foi escolhida para ser a sede dos Jogos de 2012.

Chicago representa uma candidatura sólida, fortalecida pelo fato de que, em 2016, terão se passado 20 anos desde que uma cidade norte-americana recebeu uma Olimpíada. Os Jogos de Atlanta ocorreram em 1996.

Tóquio, onde ocorreu o evento de 1964, anseia por apresentar sua nova imagem e diz que sua candidatura não será prejudicada pelo fato de uma outra capital asiática estar realizando os Jogos deste ano.

Madri concorreu às Olimpíadas de 2012, mas acabou preterida por Paris e de Londres (a vencedora final da disputa). Os espanhóis desejam capitalizar em cima de seu bom momento e de sua proposta anterior, que consideram ter sido muito boa, mas desafortunada.

O Rio de Janeiro, onde ocorrerão algumas das partidas da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, também realizou os Jogos Pan-Americanos do ano passado, o que representa um fortalecimento de sua candidatura.

Doha serviu de sede para os Jogos Asiáticos de 2006, mas muitos acreditam que a capital do Catar, com uma população de cerca de 500 mil pessoas, tentou dar um passo grande demais ao candidatar-se para receber os Jogos Olímpicos.

As autoridades de Praga afirmaram que uma candidatura para os Jogos em 2020 ou 2024 seria mais realista. Já os esforços de Baku também são considerados prematuros, pois grande parte da infra-estrutura necessária para o evento ainda não foi construída.

Em sua reunião, o COI examinará também a decisão do governo iraquiano de dissolver seu comitê olímpico, algo que pode fazer com que os atletas do país sejam proibidos de participar dos Jogos de Pequim.

A entidade pediu que o governo do Iraque reinstale o comitê e que não interfira mais na entidade. O país argumentou que o comitê carecia de legitimidade porque não dispunha de quórum e havia fracassado ao tentar realizar novas eleições.

Os Jogos de Pequim começam no dia 8 de agosto.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below