Pequim eleva metas sobre ar limpo para 2008, ano das Olimpíadas

sexta-feira, 28 de dezembro de 2007 12:30 BRST
 

Por Liu Zhen

PEQUIM (Reuters) - Pequim procurará observar um número maior de "dias de ar limpo" em 2008, antes e depois dos Jogos Olímpicos de agosto, afirmou uma importante autoridade da China na sexta-feira.

A poluição na cidade, um problema conhecido, preocupa os atletas e os organizadores do evento.

Pequim registrou 244 "dias de céu azul" até 28 de dezembro deste ano, um dia a menos que a meta de 245 dias. Os padrões para que um dia seja declarado de "céu azul" não são unanimidade entre os cientistas da comunidade internacional.

"Prevejo que conseguiremos atingir a meta deste ano nos últimos três dias (de 2007)", disse Jiang Xiaoyu, porta-voz e vice-presidente executivo do Comitê Organizador para os Jogos Olímpicos de Pequim (Bocog).

"A meta para o número de dias com boa qualidade do ar em 2008 será maior do que a deste ano", afirmou Jiang, em uma entrevista coletiva.

A poluição em Pequim, cidade conhecida por sua névoa insalubre, tornou-se um motivo de grande preocupação para os atletas e as autoridades encarregadas de organizar o evento de agosto próximo.

O presidente do Comitê Olímpico Internacional, Jacques Rogge, afirmou que algumas competições poderão ser remarcadas caso a qualidade do ar não seja satisfatória.

A capital chinesa já gastou 120 bilhões de iuans (16,4 bilhões de dólares) em programas de preservação ambiental com vistas a combater a poluição. E, segundo Jiang, outros esforços seriam realizados.   Continuação...