Para Wenger, legado da Euro 2008 é o 4-5-1

sábado, 28 de junho de 2008 17:21 BRT
 

Por Mitch Phillips

VIENA (Reuters) - O técnico do Arsenal, Arsene Wenger, disse neste sábado que ele espera que a Espanha comece a final da Euro 2008 no domingo com um meio-campo de cinco homens, mantendo uma das tendências do torneio.

Quando o atacante David Villa foi substituído por contusão aos 35 minutos do primeiro tempo da vitória da Espanha sobre a Rússia na semifinal, Cèsc Fábregas entrou como meio-campista e ajudou seu país a triunfar por 3 x 0.

Fábregas, que joga sob o comando de Wenger no Arsenal há quase cinco anos, desde que chegou no clube aos 16 anos, deverá ser titular contra a Alemanha no sábado e o seu técnico no clube diz que não está surpreso.

"A maioria dos times que começou o torneio no esquema tático 4-4-2 terminou jogando no 4-5-1, inclusive a Alemanha", disse ele em uma entrevista coletiva.

"Os times estavam sofrendo muito no meio-campo. Mesmo sem Fábregas, a Espanha jogou no 4-5-1 defensivamente com Villa voltando para marcar, então alternando para dois homens de frente quando atacavam."

Wenger disse que ele acha que a Espanha é um time melhor com Fábregas jogando.

"Eles têm abundância de talento no meio-campo, todos jogadores compactos, que são tecnicamente muito sofisticados", disse ele.

"Às vezes você tem de olhar duas vezes para saber quem está realmente fazendo alguma coisa, já que eles são parecidos e seus talentos técnicos são similares."   Continuação...