Atletismo britânico demite diretor por poucas medalhas em Pequim

segunda-feira, 1 de setembro de 2008 12:13 BRT
 

Por Martyn Herman

LONDRES (Reuters) - A federação britânica de atletismo (UK Athletics) encerrou o contrato do diretor de performance Dave Collins nesta segunda-feira, seis meses antes do previsto, após o rendimento considerado abaixo do esperado na Olimpíada de Pequim.

Collins começou a ser questionado depois de o país ter conquistado apenas quatro medalhas na modalidade nos Jogos realizados mês passado. Segundo o UK Athletics, o afastamento do diretor começaria a vigorar imediatamente.

"Gostaria de deixar registrado meus agradecimentos a Dave por sua contribuição ao esporte nos últimos quatro anos", disse o diretor-executivo da entidade, Niels de Vos, em um comunicado.

"No entanto, precisamos agora dar o próximo passo na escada da performance e conferir a nós e aos atletas britânicos as maiores chances possíveis de sucesso nos Jogos de 2012 (que ocorrem em Londres)."

A Grã-Bretanha havia fixado a meta de obter cinco medalhas no atletismo em Pequim, mas o ouro de Christine Ohuruogu nos 400 metros feminino acabou se tornando o único ponto alto do país na modalidade.

Quatro anos atrás, os britânicos ganharam três ouros no atletismo.

O fato de a Grã-Bretanha ter ficado em quarto lugar no quadro geral de medalhas nas Olimpíadas deste ano deveu-se principalmente às conquistas do país no remo, na vela e no ciclismo.