Phelps e Estados Unidos completam lavada no revezamento

domingo, 17 de agosto de 2008 03:01 BRT
 

Por Simon Evans

PEQUIM (Reuters) - Os Estados Unidos quebraram seu próprio recorde mundial ao vencer o revezamento 4x100m medley masculino, no sábado, garantindo a Michael Phelps o final perfeito para comemorar sua oitava medalha de ouro numa mesma edição das Olimpíadas.

Phelps, que nadou o borboleta no revezamento, teve como companheiros Aaron Peirsol (nado de costas), Brendan Hansen (nado de peito) e Jason Lezak, que fechou a prova com o nado livre com o tempo de 3min29s34, diminuindo em 1s34 a antiga marca que os americanos estabeleceram no Jogos de Atenas 2004.

Este foi o terceiro ouro que Phelps ganhou com o revezamento em Pequim, todos quebrando o recorde mundial, e o ajudando a superar o feito de Mark Spítz de sete medalhas de ouro na Olimpíada de Munique, em 1972.

"Esses caras são incríveis, os rapazes do revezamento tornaram isso possível", declarou Phelps. "Isso mostra o quanto temos de trabalho em equipe e união. É maravilhoso fazer parte disso."

Os Estados Unidos completaram uma lavada nos três revezamentos masculinos, mas somente após Lezak vencer de forma inacreditável a última parte do 4x100m livre, no domingo passado, batendo a França e mantendo vivo o sonho de Phelps conquistar oito ouros.

Os americanos eram os favoritos para vencer o revezamento medley e sempre estiveram no controle da prova, apesar de terem caído para terceiro após a passagem do nado de peito e terem enfrentado um último desafio da Austrália, cujo último nadador era o recordista mundial do 100m livre, Eamon Sullivan.

Sullivan conseguiu tirar uma vantagem de meio corpo para Lezak, mas os australianos, que não conseguiram vencer uma prova individual pela primeira vez desde 1976, ficaram com a prata com o tempo de 3min30s04.

O Japão foi terceiro com 3min31s18, no que foi, possivelmente, a última prova olímpica de Kosuke Kitajima, que conquistou os 100m e os 200m costa pela segunda vez para confirmar seu status de maior nadador da Ásia.