Massa chega ao Barein precisando repetir vitória de 2007

quarta-feira, 2 de abril de 2008 13:16 BRT
 

Por Alan Baldwin

MANAMA (Reuters) - Felipe Massa, da Ferrari, precisa repetir no próximo domingo, no Barein, sua vitória de ponta a ponta no ano passado para silenciar seus críticos, depois de um começo ruim nesta temporada da Fórmula 1.

Enquanto o piloto Lewis Hamilton, da McLaren, lidera a disputa com 14 pontos, a três do atual campeão mundial, Kimi Raikkonen, também da Ferrari, e de Nick Heidfeld, da BMW Sauber, Massa ainda não marcou ponto nenhum.

Na primeira prova do ano, na Austrália, o piloto teve um problema mecânico. Na segunda, na Malásia, perdeu o controle do carro, após ter largado na pole.

Apesar de ainda ter dois anos de contrato com a Ferrari para cumprir, o brasileiro viu-se obrigado a ouvir boatos frequentes sobre seu futuro e sugestões de que o bicampeão mundial Fernando Alonso, atualmente na Renault, poderia substituí-lo.

Ainda que o presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, tenha afastado essa possibilidade, deixou claro que espera uma melhora da parte de Massa no Grande Prêmio do Barein.

"Felipe Massa não está, de forma nenhuma, sendo avaliado para saber se continuará ou não conosco", afirmou Montezemolo ao jornal Gazzetta dello Sport. "Na verdade, nós da Ferrari contamos com a melhor dupla de pilotos do mundo."

"Espero uma grande corrida de Felipe no Barein depois de sua maravilhosa fase de classificação na Malásia."

O brasileiro já se viu em uma situação semelhante ao desembarcar nesse país do Oriente Médio. Em 2007, em meio a críticas dos meios de comunicação, e após duas corridas nas quais não se saiu bem, Massa venceu no Barein e surgiu como candidato ao título.   Continuação...