Basiléia fica laranja para jogo entre Holanda e Rússia

sábado, 21 de junho de 2008 15:45 BRT
 

Por Alexandra Hudson

VIENA (Reuters) - Milhares de torcedores holandeses invadiram e iluminaram a cidade de Basiléia com suas camisas laranjas, neste sábado, para acompanhar a partida da quarta-de-final da Euro 2008 na qual a Holanda enfrenta a Rússia, que tem como técnico o autoproclamado "traidor", o holandês Guus Hiddink.

Os organizadores esperam 100 mil sedentos torcedores holandês e cerca de dez mil russos, e já compraram 245 mil litros de cerveja para suprir os bares da área oficial para torcedores, onde estes podem, pelo menos, aproveitar um ambiente seco e aquecido após a infindável chuva que vem caindo sobre a cidade.

Os entusiasmados torcedores holandeses já conquistaram o coração da Suíça, tanto que alguns suíços já vestem a camisa laranja da seleção da Holanda.

O prefeito de Berne, onde a Holanda jogou suas três partidas na primeira fase, até sugeriu dar à Holanda um pedaço do gramado do estádio da cidade, o Stade de Suisse, como um gesto de agradecimento pela fantástica atmosfera que os holandeses criaram na normalmente reservada cidade.

O time de Marco van Basten disputou uma primeira fase de forma fabulosa, passando pela campeã mundial Itália e a finalista da Copa do Mundo de 2006, França, antes de despachar a Romênia em seu último jogo do Grupo C.

Mas a impressionante vitória da Rússia por 2 x 0 sobre a Suécia aumentou a expectativa por mais um jogo repleto de um futebol ágil e focado no ataque, como tem sido a característica do torneio que tem como anfitriãs Suíça e Áustria.

O HOLANDÊS DA RÚSSIA

A Rússia tem como técnico o holandês Hiddink, que comandou a Holanda por quatro anos, de 1994 à semifinal da Copa do Mundo de 1998.   Continuação...