McLaren é multada em 15 mil euros por quebrar regra com Hamilton

sexta-feira, 19 de outubro de 2007 19:35 BRST
 

Por Alan Baldwin

SÃO PAULO (Reuters) - O líder da Fórmula 1, Lewis Hamilton, escapou de sofrer uma punição mais grave para o Grande Prêmio do Brasil, que encerra a temporada, depois de a McLaren ter quebrado uma regra para pneus na primeira sessão de treinos livres de sexta-feira.

A equipe foi multada em 15 mil euros (21.420 dólares) e recebeu a ordem de entregar um conjunto de pneus para pista molhada que eles usaram inadvertidamente.

Hamilton, o estreante de 22 anos que pode tornar-se o mais jovem campeão da F1 no domingo, foi convocado para falar com os fiscais em Interlagos.

Jenson Button, da Honda, e Takuma Sato, da Super Aguri, também foram convocados por usarem dois conjuntos de pneus para pista molhada durante a primeira sessão, quando apenas um é permitido. O primeiro treino foi disputado sob forte garoa.

A Federação Internacional de Automobilismo (FIA) anunciou a multa em um comunicado, explicando que os fiscais determinaram que os pilotos e as equipes não tiveram nenhum benefício com a quebra da regra.

"Para evitar a possibilidade de que qualquer uma das três equipes ou seus pilotos possa ter qualquer benefício durante o restante do evento por terem disponíveis pneus para pista molhada parcialmente usados...cada equipe vai entregar voluntariamente esses pneus ao assistente-técnico da FIA", informou o comunicado.

Hamilton, que está quatro pontos à frente do companheiro de equipe Fernando Alonso e a sete de Kimi Raikkonen, da Ferrari, disse que foi apenas um simples erro.

"Demos uma volta muito, muito lenta com os pneus para chuva, colocamos outro conjunto de pneus para condições extremamente úmidas, entramos e saímos de novo com outro conjunto (de pneus para pista molhada)", disse ele.   Continuação...

 
<p>O l&iacute;der da F&oacute;rmula 1, Lewis Hamilton, escapou de sofrer uma puni&ccedil;&atilde;o mais grave para o Grande Pr&ecirc;mio do Brasil, que encerra a temporada, depois de a McLaren ter quebrado uma regra para pneus na primeira sess&atilde;o de treinos livres de sexta-feira. Foto de carro de Lewis Hamilton, 19 de outubro em Interlagos. Photo by Sergio Moraes</p>