Tevez recebe mais um vermelho em outro empate da Argentina

domingo, 7 de setembro de 2008 15:06 BRT
 

Por Brian Homewood

BUENOS AIRES (Reuters) - A ordinária campanha da Argentina na Eliminatórias para a Copa do Mundo tiveram mais um ato no sábado, quando o time empatou por 1 x 1 em casa com o Paraguai e teve o atacante Carlos Tevez expulso no começo do jogo mais uma vez.

O ponto conquistado manteve o Paraguai no topo do grupo de 10 times da América do Sul com 14 pontos em sete jogos, e a Argentina fica na segunda posição dois pontos atrás, após o terceiro empate consecutivo entre as equipes.

Mais duas marcas caíram ontem: o último invicto do grupo e a única equipe que não havia vencido, já que o Peru fez 1 x 0 na Venezuela para deixar a lanterna e a Colômbia perdeu em casa por 1 x 0 para o Uruguai, que subiu para terceiro na tabela.

O Brasil, que enfrenta o Chile fora de casa neste domingo, temporariamente caiu para a sexta colocação e está fora da zona de classificação.

Os quatro melhores times se classificam para a Copa da África do Sul em 2010, e o quinto disputa a repescagem com um time da CONCACAF.

Tevez, que já havia sido expulso no primeiro tempo da derrota por 2 x 1 para a Colômbia em novembro último por um chute acintoso em um adversário, levou uma bronca do técnico Alfio Basile por ter deixado a equipe em maus lençóis mais uma vez.

O atacante do Manchester United, que jogava seu segundo jogo pela seleção desde o incidente com a Colômbia, foi mandado para o chuveiro depois de dois carrinhos maldosos nos primeiros 31 minutos.

"Eu tenho que conversar em particular com ele sobre essas expulsões", disse Basile.

"Tudo foi difícil. Nós ficamos com apenas 10 homens por quase todo jogo, nosso goleiro estava contundido e fizemos um gol contra. Então não é possível analisar esse jogo de maneira normal", acrescentou.