Para Renata e Talita, "quase" ir ao pódio dói mais que derrota

quinta-feira, 21 de agosto de 2008 00:20 BRT
 

Por Alberto Alerigi Jr.

PEQUIM (Reuters) - Quatro anos de preparação para chegar ao pódio olímpico e acabar "quase" subindo nele é algo que para a dupla brasileira de vôlei de praia Renata e Talita dói mais que a derrota por 2 sets a 0 que sofreram nesta quinta-feira para as chinesas Chen Xue e Xi Zhang na disputa pela medalha de bronze.

"Estava muito perto. Esse quase perto é muito triste quando você não consegue", disse Renata em entrevista coletiva após a derrota que quebrou a tradição brasileira de sempre ter representantes no pódio no vôlei de praia feminino desde que o esporte passou a ser disputado nos Jogos em 1996.

Em sua primeira participação olímpica, Renata e Talita chegaram à disputa de bronze depois de terem passado por jogos complicados como contra as australianas Barnett e Cook e as norueguesas Maaseide e Glesnes. Mas a trajetória que superou as expectativas da dupla brasileira deixou um gosto amargo sem uma medalha.

"Tivemos chances reais de ganhar, mas erramos muito. Não estou feliz, queria muito estar no pódio" disse Renata, com os olhos cheios de lágrimas.

A decepção da dupla brasileira com a vitória das chinesas foi tanta que Renata e Talita nem quiseram fazer os comentários iniciais de praxe que sempre abrem as entrevistas coletivas realizadas após os jogos.

Talita, mais contida, mas sem conseguir evitar a irritação com o resultado, afirmou que sua dupla poderia ter jogado melhor. "A gente chegou a três sets na maior parte dos jogos que tivemos com elas. Por isso essa tristeza depois de termos perdido por 2 a 0."

Por outro lado, as chinesas eram só sorrisos de satisfação depois de terem conquistado a primeira medalha do país no vôlei de praia feminino. "É uma grande honra para nós, não esperávamos que conseguiríamos chegar até aqui", disse Chen Xue, 19 anos e também primeira participação olímpica.

O primeiro set começou bem para as brasileiras, com boas combinações de defesa e ataque, mas no meio do primeiro set as chinesas abriram vantagem de quatro pontos com uma sequência de deixadinhas que desconcertou a defesa de Renata e Talita.   Continuação...