Para Felipão, dinheiro é apenas uma razão para treinar o Chelsea

domingo, 15 de junho de 2008 11:17 BRT
 

Por Rex Gowar

BASILÉIA (Reuters) - O treinador de Portugal, o brasileiro Luiz Felipe Scolari, disse neste domingo que o dinheiro foi apenas um dos motivos que o levaram a aceitar o cargo de treinador do Chelsea após a Eurocopa 2008.

Felipão, cuja contratação fora anunciada pelo Chelsea na quarta-feira, começou a coletiva de imprensa fazendo um comunicado a respeito de sua transferência para o futebol inglês.

"Eu gostaria de encerrar um assunto que já foi concluído por ambas as partes", afirmou. "Tenho que trabalhar com a federação (portuguesa) até o final do torneio e eles tinham conhecimento de cada decisão tomada ao longo do processo."

"O Gilberto Madail (presidente da federação portuguesa) procurou patrocinadores, mas quando ninguém se interessou ele me disse que estava livre para negociar meu futuro com quem eu quisesse."

Questionado sobre se sua decisão de ir para o Chelsea tinha sido por motivos financeiros, ele respondeu: "Sim, este é um dos motivos".

Mas acrescentou: "Eu tenho 59 anos e não quero trabalhar como técnico até os 70. Eu quero me aposentar em quatro ou cinco anos, então, foi uma questão financeira, mas há outras coisas."

Entre outras razões, Scolari afirmou: "Eu poderia oferecer ao meu filho a oportunidade de estudar em outro lugar".

"Você só tem esse tipo de oportunidade uma vez na vida, ou você a aceita ou deixa passar, mas não foi apenas uma questão financeira."   Continuação...

 
<p>O t&eacute;cnico da sele&ccedil;&atilde;o portuguesa, Luiz Felipe Scolari, durante treinamento. Scolari disse neste domingo que o dinheiro foi apenas um dos motivos que o levaram a aceitar o cargo de treinador do Chelsea ap&oacute;s a Eurocopa 2008. Photo by Jerry Lampen</p>