Capello é favorito dos apostadores para dirigir seleção inglesa

sexta-feira, 23 de novembro de 2007 16:29 BRST
 

LONDRES (Reuters) - Fabio Capello assumiu na sexta-feira a liderança das apostas para assumir o cargo de técnico da seleção da Inglaterra, depois que Martin O'Neill, treinador do Aston Villa, descartou a possibilidade de dirigir a seleção.

A lista de candidatos cresce rápido depois da demissão de Steve McClaren, na quinta-feira, em consequência da desclassificação da Inglaterra para a Eurocopa.

"Estou disposto a discutir assumir o comando da seleção inglesa", disse Capello à imprensa italiana. "Seria um desafio muito interessante, e para mim desafios difíceis sempre foram fascinantes", acrescentou o ex-técnico do Real Madrid, do Milan e da Juventus, que tem 61 anos.

O português José Mourinho, ex-técnico do Chelsea, estava em segundo lugar nas apostas, pagando 4 para 1.

O italiano Marcello Lippi corre por fora, pagando 33 para 1. Ele não quis descartar uma mudança para a Inglaterra, mas duvida que seja chamado. "Se o convite vier, vamos ver", disse ele.

O ex-capitão e técnico da Alemanha Franz Beckenbauer encheu a bola de Juergen Klinsmann, que comandou a Alemanha na Copa de 2006, chegando ao terceiro lugar. "O cargo na Inglaterra seria ideal para ele, e ele seria ideal para a Inglaterra", escreveu Beckenbauer no jornal Bild.