8 de Setembro de 2008 / às 10:17 / em 9 anos

Brasil encerra jejum, faz 3 x 0 no Chile, e sobe para 2o

SANTIAGO (Reuters) - A formação ofensiva com três atacantes deu resultado e a seleção brasileira garantiu sua primeira vitória fora de casa nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2010, 3 x 0 sobre o Chile, na noite de domingo. Além de reencaminhar a campanha da equipe na competição, o resultado aliviou a pressão sobre o técnico Dunga.

<p>L&uacute;cio comemora o gol contra o Chile, nas eliminat&oacute;rias para a Copa de 2010, em Santiago REUTERS. Photo by Stringer</p>

Num jogo aberto em que as duas equipes procuraram o ataque e criaram muitas chances de marcar, Luis Fabiano, duas vezes, e Robinho marcaram os gols da vitória, que levou o Brasil ao 2o lugar da competição, empatado em pontos com a Argentina e a dois pontos do líder Paraguai --14 contra 12.

Antes de entrar em campo em Santiago, contra um adversário que estava à sua frente na tabela, a seleção principal do Brasil vinha de três jogos sem marcar gols e estava apenas em 6o lugar nas eliminatórias, após seis partidas, com duas vitórias somente.

Mas a equipe soube aproveitar os espaços abertos pela postura ofensiva também dos donos da casa --conforme prometido pelo técnico argentino Marcelo Bielsa-- e, sem se encolher, matou o jogo ainda no primeiro tempo. Na quarta-feira, a equipe tentará consolidar a recuperação contra a Bolívia (10a colocada), no Rio de Janeiro.

“A gente entrou em campo sabendo que apenas os 3 pontos interessavam. Jogamos com o coração desde o início e conseguimos realizar esse objetivo”, disse Luis Fabiano a repórteres.

EXPULSÃO E PÊNALTI PERDIDO

O atacante do Sevilla reforçou sua posição como novo número 9 da seleção ao marcar em dois lances de oportunismo dentro da área. Dos atacantes, somente Ronaldinho Gaúcho passou em branco, tendo inclusive desperdiçado um pênalti quando o jogo estava 1 x 0.

De ambos os lados, os dois times procuraram sempre o gol e o Chile só não marcou o seu porque pecou muito nas finalizações, especialmente num lance em que Humberto Suazo desperdiçou praticamente debaixo do travessão.

O primeiro gol do Brasil saiu aos 20 minutos de jogo, após cobrança de falta de Ronaldinho da intermediária. Luis Fabiano antecipou-se ao marcador e cabeceou de costas, com muita eficiência, mandando a bola no canto do goleiro.

O zagueiro Lúcio iniciou o lance do segundo. Após chute para frente, Luis Fabiano ganhou a disputa pelo alto e rolou na entrada da área para Robinho, que tocou por cima do goleiro, aos 44 minutos.

Antes, Ronaldinho tinha perdido uma pênalti, sofrido por Diego, que teve muito boa atuação jogando tanto na marcação como no apoio ao ataque.

Logo no início do segundo tempo, o lateral-esquerdo Kléber recebeu seu segundo cartão amarelo e foi expulso. Sorte do Brasil que 15 minutos depois o chileno Jorge Valdivia, ex-Palmeiras, também foi expulso por uma entrada violenta em Josué.

O cartão vermelho de Kléber forçou o técnico Dunga a desmontar o trio de ataque para recompor a defesa, e Ronaldinho saiu para a entrada do lateral Juan. Porém, com 10 jogadores de cada lado, os espaços aumentaram e as chances de gols continuaram a acontecer.

Luis Fabiano continuou a ser o homem mais perigoso do ataque brasileiro e desperdiçou outras duas oportunidades claras de ampliar, até que fez seu segundo gol no jogo, o terceiro da seleção, aos 37 minutos da etapa final.

Dessa vez, o jogador brigou dentro da área para recuperar a bola após ter sido desarmado e tocou entre as pernas do goleiro Claudio Bravo.

Na próxima rodada, um tropeço do líder Paraguai diante da Venezuela pode levar o Brasil ao topo da classificação, bem diferente do último jogo da seleção diante de seu torcedor.

Em sua partida anterior em casa, empate por 0 x 0 com a Argentina em Belo Horizonte, a seleção saiu de campo sob gritos da torcida de “adeus Dunga” e “burro” para o treinador.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below