28 de Outubro de 2007 / às 14:40 / 10 anos atrás

Murray e Verdasco fazem final em São Petersburgo

Por Gennady Fyodorov

São Petersburgo (Reuters) - O britânico Andy Murray salvou um matchpoint e superou uma bola na linha para vencer o russo Mikhail Youzhny por 2 sets a um (6/2, 5/7 e 7/6) numa das semifinais do Aberto de São Petersburgo, neste sábado.

Youzhny estava no saque no terceiro set com vantagem de 5/3 mas o escocês se recuperou e quebrou o serviço do russo, salvando no game seguinte um matchpoint e empatando a partida em 5/5.

Com Youzhny claramente desapontado com a oportunidade perdida, Murray aproveitou a chance e conquistou a vitória após duas horas e meia de jogo quando o russo cometeu dupla falta no tiebreak final, que acabou em 7/1.

“O matchpoint foi imenso”, disse Murray, que enfrentará Fernando Verdasco na final de domingo depois que o espanhol superou o croata Marin Cilic por dois sets a zero (6/2 e 6/3) na outra semifinal.

“Quando acertei a bola pensei ter errado porque pensei que ela ia para fora. Youzhny provavelmente pensou a mesma coisa. Então, ele começou a ficar nervoso e cometeu vários erros no final”, disse o número 16 aos jornalistas após o jogo.

Murray, que participou pela primeira vez do torneio realizado na segunda maior cidade russa, quebrou o serviço de Youzhny por duas vezes no início do primeiro set, mas a partida mudou completamente no segundo.

Os dois jogadores mantiveram seus saques até que o russo quebrou o serviço de Murray pela primeira vez com a ajuda de uma decisão controversa.

DECISÃO EQUIVOCADA

Na bola que decidiu o set, o tiro de Youzhny foi claramente para fora, mas o juiz deu bola boa. Murray ficou irritado com a decisão mas nada pode fazer para mudá-la e ele já tinha pedido revisão de dois outros lances no set.

“Ele bateu na bola por fora da rede e ela estava indo inacreditavelmente devagar e quando quicou, eu sabia que estava fora, então nem tentei devolver”, disse Murray.

“Mas não pude contestar a decisão. Foi apenas um erro.”

O russo de 25 anos parecia rumar para a vitória depois de quebrar o saque de Murray no quarto game do último set, mas perdeu o controle da partida depois de errar diversos lances.

Verdasco, número 30 do mundo, se mostrou bem mais experiente que o croata Cilic, 102o. do mundo e que estava jogando sua segunda semifinal na carreira. Foi Cilic quem derrotou Nikolay Davydenko, número 4 do mundo, na segunda rodada.

“É verdade, o ranking dele é baixo, mas ele tirou Davydenko do torneio. Por isso não o subestime”, disse o espanhol.

Sobre a final de domingo, Verdasco afirmou: “Ele (Murray) me venceu na única vez que jogamos um torneio do circuito ATP, mas eu o venci num evento challenger, então diria que estamos empatados em 1 x 1. Penso que tenho uma boa chance amanhã, por isso, se eu perder, ficarei muito chateado, com certeza.”

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below