Federer e Nadal decidem novamente o título de Roland Garros

sexta-feira, 6 de junho de 2008 17:03 BRT
 

Por Julien Pretot

PARIS (Reuters) - O tenista número 1 do mundo, Roger Federer, prepara-se para mais uma final de Roland Garros contra o tricampeão Rafael Nadal, depois de ter passado com dificuldade, nesta sexta-feira, pelo francês Gael Monfils, por 6-2, 5-7, 6-3 e 7-5.

O primeiro cabeça-de-chave, que perdeu as duas últimas finais do Aberto da França para o adversário espanhol, misturou winners brilhantes com erros não-forçados antes de ultrapassar a penúltima barreira na luta para conquistar o único título do Grand Slam que ainda não tem no currículo.

"Ele jogou um primeiro game ruim e eu consegui um primeiro set muito bom. Mas então ele impôs seu jogo. A disputa foi muito apertada e eu estou contente", afirmou Federer em uma entrevista concedida ao lado da quadra.

Nadal, que entrou em quadra na primeira semifinal do dia contra o sérvio Novak Djokovic, manteve a invencibilidade após 27 partidas em Roland Garros ao derrotar o campeão do Aberto da Austrália com incrível facilidade, por 6-4, 6-2 e 7-6 (7-3).

Em quatro participações no torneio parisiense, essa é a quarta final consecutiva do espanhol, número dois do mundo.

"Talvez a forma com que a partida transcorreu hoje tenha sido mais fácil do que eu esperava", disse Nadal a repórteres.

Quando Federer foi questionado sobre como jogaria em sua terceira final consecutiva contra Nadal, no domingo, o suíço respondeu: "Nós disputamos dois grandes jogos em Monte Carlo e em Hamburgo. E é um prazer jogar novamente contra ele".

"Infelizmente para mim, ele tem jogado maravilhosamente bem desde o começo do torneio", acrescentou Federer, que perdeu as finais de Monte Carlo e Hamburgo para o espanhol.   Continuação...