Brasil faz questão de ter "veteranos" em Pequim, diz Jorginho

segunda-feira, 5 de maio de 2008 20:40 BRT
 

Por Rodrigo Viga Gaier

RIO DE JANEIRO (Reuters) - A seleção brasileira não abrirá mão de contar com os três jogadores acima de 23 anos nos Jogos Olímpicos de Pequim, apesar da dificuldade na liberação desses atletas por parte dos clubes europeus, afirmou o auxiliar técnico Jorginho.

"Os três acima de 23 anos vão ser levados sim, com certeza. Os nomes é que ainda estão sendo definidos", disse o ex-jogador nesta segunda-feira.

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, negocia com os clubes europeus para que eles cedam seus astros à seleção em pleno período de preparação para a temporada 2008-2009.

A liberação de Kaká para a seleção olímpica é considerada improvável. "Acho muito difícil podermos contar com o Kaká", declarou à Reuters uma fonte na CBF.

O clube do melhor jogador do mundo em 2007, o Milan, deve ter outro convocado para os Jogos de Pequim, em agosto: Alexandre Pato. Por se tratar de um jogador com idade olímpica, a equipe italiana terá de liberar o jovem atacante.

"Vai ter de prevalecer o bom senso no caso dos jogadores acima de 23 anos. A convocação depende também da vontade e do interesse do atleta. São fatores que serão levados em conta por nós", destacou Jorginho.

O zagueiro Juan e o atacante Robinho são outros nomes bem cotados na CBF para irem a Pequim como jogadores acima de 23 anos.

Para o auxiliar técnico Jorginho, o problema enfrentado pelo Brasil também vai atingir as demais seleções e não será um empecilho adicional para a conquista do inédito ouro olímpico.

"Não acho que teremos mais problemas por conta disso. Será uma situação que vai afetar todas as seleções que estarão em Pequim. As dificuldades são aquelas que já estão postas. A maioria das seleções têm jogadores em clubes europeus", disse Jorginho, acrescentando que o pouco tempo de preparação para as Olimpíadas é um prejuízo para a seleção brasileira.

No próximo dia 15 de maio, o técnico Dunga convoca jogadores para os amistosos nos Estados Unidos contra Canadá e Venezuela. A lista deve ter alguns jogadores sub-23, mas a prioridade será a preparação para os próximos compromissos nas eliminatórias da Copa do Mundo de 2010 contra Paraguai, em Assunção, e Argentina, em Belo Horizonte.