Ninguém lembra dos perdedores, diz Aragonés à Espanha

sábado, 28 de junho de 2008 18:17 BRT
 

Por Simon Baskett VIENA (Reuters) - O técnico Luis Aragonés vem motivando a Espanha antes da final da Euro 2008, que será disputada neste domingo contra a Alemanha, ao dizer que ninguém lembra dos derrotados em uma decisão.

"Eu tenho falado aos jogadores que ninguém lembra quem chega em segundo em qualquer competição, então, quando você vai a uma final, você tem que se assegurar de que vai vencê-la", disse Aragonés em uma entrevista coletiva no estádio Ernst Happel neste sábado.

"Logo antes de sair, eu falarei a eles que acho que podemos provocar estragos na Alemanha e onde precisaremos levantar nossa guarda e nos protegermos deles. Eu também penso em algo que possa anima-los a cada um deles."

Aragonés sairá do cargo de técnico da Espanha ao fim do torneio e espera-se que ele vá aceitar uma oferta para ser o treinador do clube turco Fenerbahce pelas próximas duas temporadas.

O técnico de 69 anos disse que está satisfeito com o que fez em sua gestão, desde que assumiu o time nacional, logo após a eliminação na fase de grupos da Euro 2004, e que ajudou a Espanha a finalmente livrar-se da maldição de não ir bem nos torneios mais importantes.

"Eu ajudei ao fazer os jogadores entenderem o que é competir. Eu diria que meu trabalho foi aceitável no sentido de que o time está muito unido e também no que toca o estilo de jogo.

"Eu estou muito feliz por ter um grupo que acreditou em mim e na maneira com que trabalho. Nós temos todos que sofrer críticas, especialmente eu, mas nós estamos muito unidos. Há um sentimento muito bom entre os jogadores e eu."