4 de Agosto de 2008 / às 11:33 / em 9 anos

Murray bate Karlovic e faz sua primeira final de Masters Series

Por Richard Eaton

CINCINNATI (Reuters) - Andy Murray chegou à sua primeira final de Masters Series ao bater Ivo Karlovic por duplo 6-4 no torneio de Cincinnati, neste sábado.

O escocês de 21 anos, tendo superado o gigante croata que eliminou Roger Federer na quinta-feira, irá enfrentar Rafael Nadal, que está prestes a se tornar o número 1 do mundo, ou o terceiro colocado do ranking, Novak Djokovic, na final de domingo.

A vitória de Murray na semifinal garante a ele subir do nono para o sexto lugar do mundo, sua colocação mais alta no ranking até hoje, e aumenta suas chances de alcançar seu objetivo de ser o cabeça-de-chave número 8 no Aberto dos Estados Unidos, que começa em três semanas.

Mantendo o nível de jogo que o levou às quartas-de-final em Wimbledon e pela primeira vez no mês passado à semifinal do Masters Series de Toronto, na semana passada, Murray ganhou bem contra um adversário difícil.

Karlovic, que tem 2,08 metros de altura, lidera pelo segundo ano consecutivo o número de aces e a quantidade de games vencidos com a posse do saque.

Por pouco tempo, pareceu que Karlovic, embalado pelo maior feito de sua carreira ao eliminar Federer, iria se impor a Murray quando quebrou o saque do escocês e abriu uma vantagem de 2-0. Mas Murray encontrou uma maneira de devolver o melhor saque do circuito.

Murray ficou dois metros atrás da linha final de fundo da quadra para receber os serviços de seu adversário, mas frequentemente ia para frente para antecipar a devolução e conseguiu antever a direção do saque conforme o jogo progredia.

Ele devolveu a quebra e, enquanto se encaminhava para a segunda quebra para fazer 4-3, conseguiu uma passada de forehand tão baixa e aberta que fez o público vibrar.

Quando Murray começou o segundo set com mais uma quebra, na oitava tentativa, incluindo um belo winner, com um lob de forehand com efeito topspin, parecia que o jogo seria curto.

Mas Karlovic ainda conseguiu mostrar alguma reação e promoveu boas trocas de bola no sexto game, devolvendo a quebra e empatando em 3-3.

Entretanto, ele conseguiu acompanhar apenas até o 4-4, quando suas subidas à rede se tornaram familiares para Murray, que quebrou novamente o saque do adversário para fechar a partida.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below