França dirá em julho se continua com Domenech

quarta-feira, 18 de junho de 2008 18:36 BRT
 

Por Patrick Vignal

VEVEY, Suíça (Reuters) - No dia 3 de julho, Raymond Domenech ficará sabendo se segue ou não no comando da seleção francesa de futebol, eliminada na primeira fase da Eurocopa, afirmou na quarta-feira a Federação Francesa de Futebol (FFF).

Logo depois do anúncio da FFF, o treinador afirmou que seu destino pessoal não importa. A França perdeu de 2 a 0 para a Itália e terminou em último lugar no Grupo C, tendo conquistado apenas um ponto e marcado apenas um gol em três partidas.

"Precisamos de tempo para analisar as razões e as consequências da eliminação prematura da França e avaliar o trabalho feito (por Domenech) nos últimos quatro anos", disse a FFF, em um comunicado.

O presidente da entidade, Jean-Pierre Escalettes, deve se reunir com o treinador e o diretor técnico da federação, Gerard Houllier, antes de tomar uma decisão na reunião de 3 de julho.

Apesar de os meios de comunicação franceses terem exigido a saída de Domenech depois do fracasso na Eurocopa, o técnico, 56, não pareceu tenso ao ser questionado sobre seu futuro.

"Não responderei a essa pergunta. Meu destino pessoal não importa. Tento realizar meu trabalho da melhor maneira que consigo. O resto não me diz respeito", afirmou.