Recurso da McLaren é marcado para dia 15 de novembro

segunda-feira, 29 de outubro de 2007 18:22 BRST
 

LONDRES (Reuters) - O recurso da McLaren contra a decisão de não punir as equipes BMW Sauber e Williams por irregularidades no combustível usado no GP do Brasil, que decidiu o título deste ano, foi marcado para 15 de novembro, disse na segunda-feira a FIA, entidade que comanda o esporte.

O caso será decidido em Paris pela Corte Internacional de Recursos.

Se Nico Rosberg (Sauber), Nick Heidfeld e Robert Kubica (ambos da Williams) tivessem sido desclassificados pelas irregularidades em Interlagos, o britânico Lewis Hamilton, da McLaren, seria o campeão, em vez do finlandês Kimi Raikkonen (Ferrari), que terminou um ponto à frente.

Testes após a corrida determinaram que o combustível usado pela Williams e pela BMW Sauber violou o regulamento técnico por estar mais de 10 graus Celsius abaixo da temperatura ambiente.

O combustível tem melhor desempenho a temperaturas mais baixas, o que poderia representar uma ajuda adicional para os pilotos.

(Por Alan Baldwin)