Torcedores da Euro 2008 são alertados para perigo do carrapato

sábado, 17 de maio de 2008 14:47 BRT
 

Por John Joseph

LONDRES (Reuters) - Se você é um torcedor que vai assistir à Euro 2008, seria bom tomar uma vacina para evitar o contágio de uma doença pouco conhecida mas fatal que é transmitida por carrapatos, segundo o aviso de um importante cientista feito neste sábado.

Em 2007, o número de casos de encefalite causada por carrapato que levaram à hospitalização na Europa aumentou em 30 por cento, chegando a 13.000, com evidências que sugerem que temperaturas mais altas, causadas pelo aquecimento global, ajudam a espalhar a doença.

Endêmica em 27 países europeus, incluindo Suíça e Áustria, os países sede da Euro 2008, a encefalite causada por carrapato pode provocar paralisia, coma e, de 1 a 2 por cento dos casos, morte.

Cerca de 2 milhões de torcedores estrangeiros são esperados nas sedes da competição, que será disputada entre 7 e 29 de junho, sendo que a UEFA espera cerca de 6 milhões de torcedores no total.

Baseado neste cenário, Kunze estima que cerca de 600 pessoas podem estar correndo risco de contrair a doença, com os torcedores que estão acampados ou aqueles que fazem trilhas quando não estão torcendo por sua seleção sendo os mais suscetíveis.

"Pode haver mais casos", disse à Reuters o professor Michael Kunze, chefe do Grupo de Trabalho Científico Internacional sobre encefalite causada por carrapato. "Se você não sabe o que está procurando, é muito difícil reconhecer a encefalite causada por carrapato, já que os sintomas são muito parecidos com os da gripe."

Depois de introduzir um programa de vacinação em 1981, a Áustria reduziu os casos de encefalite causada por carrapato de 700 para menos de 70 por ano.