Campeão dos 100m, Bolt vence e bate recorde também nos 200m

quarta-feira, 20 de agosto de 2008 13:21 BRT
 

Por Andrew Cawthorne

PEQUIM (Reuters) - O jamaicano Usain Bolt conquistou o ouro na prova dos 200 metros rasos, na quarta-feira, tornando-se o primeiro homem a vencer as duas provas mais rápidas do atletismo nos Jogos Olímpicos desde Carl Lewis em 1984.

Bolt, cujo pai atribui a velocidade e o poder de explosão do filho a um inhame típico da Jamaica, concluiu a prova em 19,30 segundos (recorde mundial) antes de jogar-se ao chão de alegria.

"Sou o número um", disse voltado para as câmeras de TV, batendo no peito e distribuindo beijos para a multidão de 91 mil pessoas presente no estádio Ninho de Pássaro.

Bolt havia vencido os 100 metros rasos com facilidade no fim de semana, batendo também o recorde mundial.

Desta vez, o velocista voltou a fazer piada em seu caminho para o bloco de medalhas, disparando uma seta imaginária para o alto. Mas pareceu não brincar ao abrir uma grande vantagem na prova dos 200 metros e cruzar a linha de chegada, derrubando por dois centésimos de segundo o recorde mundial estabelecido por Michael Johnson, em 1996.

Chamando Bolt de o "Super-Homem 2", Johnson -- que está trabalhando como comentarista para a BBC -- afirmou: "Eu vi a saída dele e pensei apenas: 'Uau!'. Caras assim tão altos não deveriam ser capazes de largar dessa forma. Ele usou cada gota de energia. Ele queria bater esse recorde."

Nove homens venceram as provas dos 100 e 200 metros em uma mesma Olimpíada.

Bolt, que completa 22 anos de idade na quinta-feira, sagra-se como herói dos Jogos de Pequim ao lado do nadador norte-americano Michael Phelps, que conquistou oito medalhas de ouro (uma marca inédita).   Continuação...