29 de Janeiro de 2008 / às 16:11 / 10 anos atrás

Com novo carro, Honda tenta esquecer fiasco de 2007

<p>Pilotos da equipe Honda Jenson Button (esquerda) e Rubens Barrichello posam ao lado do novo carro RA108 para a pr&oacute;xima temporada da F&oacute;rmula 1, nesta ter&ccedil;a-feira, em Brackley, Inglaterra. Photo by Toby Melville</p>

Por Alan Baldwin

BRACKLEY (Reuters) - A Honda deixou de lado o malfadado carro usado na temporada 2007 de Fórmula 1 ao apresentar, na terça-feira, um modelo totalmente novo e com o qual pretende recuperar sua imagem nas pistas.

A equipe marcou apenas seis pontos no ano passado, todos conquistados pelo britânico Jenson Button com o pouco eficiente RA107. Um desempenho fraco quando comparado com o da temporada de 2006, na qual a Honda ficou em quarto lugar e conquistou uma vitória, no Grande Prêmio da Hungria, também com Button.

"Toda a filosofia de design do carro mudou completamente", afirmou o diretor da equipe, Nick Fry, depois de o piloto de testes austríaco Alexander Wurz ter apresentado o RA108 na sede da equipe.

"O carro está diferente em todos os aspectos. O projeto é outro e, quando chegarmos a Melbourne, todos os elementos do carro serão diferentes daqueles usados no modelo do ano passado."

Grandes mudanças foram realizadas nos últimos seis meses, incluindo a contratação, em novembro, do ex-diretor técnico da Ferrari Ross Brawn como chefe da equipe.

No entanto, os pilotos da Honda, Button e o brasileiro veterano Rubens Barrichello, continuam a ser os mesmos, ao passo que aumenta a expectativa a respeito do conceito de "Earth Car" lançado no ano passado.

BRAWN ANIMADO

Brawn, o grande estrategista que ajudou o alemão Michael Schumacher a conquistar sete títulos, na Benetton e na Ferrari, disse ter ficado animado com o que viu até agora.

"Evidentemente, a equipe enfrentou um ano bastante difícil e, segundo creio, conseguiu responder de forma bastante inteligente àqueles problemas", afirmou.

"Com o carro deste ano, tentamos garantir uma força aerodinâmica de adesão de um modo muito mais amigável, mais confiável."

Segundo Brawn, o chassi do novo veículo diminuiu. Mas o britânico observou que o carro apresentado na terça-feira sofreria grandes mudanças em seu visual antes da corrida de abertura da temporada, em Melbourne, no dia 16 de março.

"Para um carro novo, e aqui eu bato três vezes na madeira, ele apresentou um número menor de problemas em relação ao que eu vi nos últimos anos. De forma que estou bastante satisfeito com os primeiros testes do carro", acrescentou.

Button disse que o objetivo principal da equipe seria melhorar corrida a corrida. Só então a Honda poderia eleger um alvo mais ambicioso, afirmou.

"O objetivo final precisa ser a disputa do título de campeão. Esse é o objetivo de todo mundo que está na Fórmula 1 e, para nós, isso é possível, sem dúvida", disse, referindo-se ao que virá depois de 2008.

O RA108 dava continuidade ao programa da Honda marcado por preocupações com o meio ambiente e iniciado pela equipe em 2007, quando o carro disputou as provas com uma imagem do mundo na carroceria no lugar das marcas dos patrocinadores.

O modelo deste ano trará as palavras "sonhos da Terra", mudando o foco para projetos individuais. Segundo Fry, a Honda havia doado 700 mil dólares para várias organizações de defesa do meio ambiente nas últimas semanas. E outros 500 mil devem ser repassados dentro em breve.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below