Ronaldo assume que talvez tenha de encerrar carreira

sexta-feira, 22 de fevereiro de 2008 13:32 BRT
 

Por Bertrand Boucey

PARIS (Reuters) - O atacante Ronaldo colocou em dúvida, nesta sexta-feira, o futuro de sua carreira como jogador, após ter sido submetido a uma nova cirurgia no joelho que o deixará afastado dos gramados por pelo menos nove meses.

"Eu ainda não me decidi sobre o que devo fazer, mas estou pronto para tudo", afirmou o atacante, eleito três vezes melhor jogador do mundo pela Fifa, em uma entrevista coletiva antes de deixar o Hospital Pitié-Salpètrie, em Paris.

"Minha vontade é de continuar jogando, meu coração me diz isso, mas meu corpo me dá sinais de que está cansado, de que precisa descansar", acrescentou, falando em português e italiano enquanto o ex-jogador Leonardo, atual diretor esportivo do Milan, traduzia para a imprensa francesa.

"Se no final da recuperação eu estiver bem, sem nenhum tipo de dor, sem nenhum receio, eu continuarei a jogar futebol. Mas se for de outra maneira, vai ser uma decisão difícil, dura, triste para mim e creio que para muitas outras pessoas também, então será o momento de deixar o futebol."

Ronaldo, maior artilheiro da história das Copas do Mundo, com 15 gols, rompeu o tendão patelar do joelho esquerdo durante partida do Milan contra o Livorno, pelo Campeonato Italiano. O jogo, realizado no dia 13 de fevereiro, terminou empatado em 1 x 1.

SEIS MESES

O cirurgião que operou o atacante de 31 anos de idade, Eric Rolland, disse que "ele pode voltar a correr dentro de cinco meses, mas não poderá treinar antes de nove meses."

"Qualquer coisa pode acontecer nos próximos três meses porque as cirurgias não são uma ciência exata. Tudo dependerá do período de reabilitação."   Continuação...