No papel, Manchester é melhor time do mundo, diz técnico da Roma

segunda-feira, 31 de março de 2008 13:24 BRT
 

ROMA (Reuters) - O Manchester United é o melhor time do mundo no papel, mas a Roma poderá vencê-lo mesmo sem contar com seu principal atacante, atualmente lesionado, Francesco Totti, afirmou o técnico do clube italiano, Luciano Spalletti, na segunda-feira.

As duas equipes encontram-se na primeira rodada das quartas-de-final da Liga dos Campeões na terça-feira, em Roma, repetindo o embate do ano passado, quando o Manchester venceu por 8 a 3 (no total) depois de uma vitória de 7 a 1 na segunda rodada, no estádio Old Trafford.

"O Manchester United é, no papel, o time mais forte do mundo. Eles possuem grandes jogadores no ataque e na defesa", afirmou Spalletti, em uma entrevista coletiva.

"Mas a Roma ganhou força e maturidade desde o 7 a 1 do ano passado e estamos em condições de obter um bom resultado e avançarmos para a próxima fase."

Totti, o principal goleador da Roma, está fora da partida após sofrer uma lesão na coxa no empate de sábado em 1 a 1 contra o Cagliari, que manteve a equipe em segundo lugar no campeonato italiano, quatro pontos atrás dos líderes da Série A, o Inter de Milão. O capitão da Roma espera estar recuperado para a partida de volta, na próxima semana.

"Lamento o fato de Francesco não poder participar, mas o grupo precisa saber como lidar com a ausência de seu maior ponto de referência, ou então não teríamos uma verdadeira mentalidade de campeões", afirmou Spalletti.

Mirko Vucinic, atacante vindo de Montenegro, deve ficar no lugar de Totti.

Os torcedores do Manchester foram avisados para se comportarem direito e para usarem veículos especiais que os levarão até o estádio Olímpico de Roma, evitando uma repetição das brigas e dos ataques com faca que mancharam as duas partidas anteriores das equipes naquele local.

Não será permitido consumir álcool dentro do estádio. As preocupações com o jogo aumentaram depois de um torcedor do Parma ter sido derrubado e morto por um ônibus no domingo, depois de uma briga entre torcedores rivais, na mais recente morte relacionada com o futebol a ocorrer na Itália.   Continuação...