Raikkonen pode trocar de motor para o GP da Inglaterra

domingo, 22 de junho de 2008 15:33 BRT
 

Por Alan Baldwin

MAGNY-COURS (Reuters) - Mesmo com um escapamento quebrado e com sua Ferrari a ponto de entregar os pontos no final da prova, Kimi Raikkonen se aferrou às esperanças de defender seu título na F1 neste domingo.

O finlandês, que largou na pole position adiante do companheiro de equipe Felipe Massa, liderou o GP da França até que o problema, ocorrido no meio da prova, forçou o campeão a diminuir e conceder a vitória ao brasileiro.

O segundo lugar foi um pobre consolo diante de mais uma vitória tirada de suas mãos, mas foi bem-vindo mesmo assim depois de duas corridas sem pontuar.

Raikkonen subiu para a terceira colocação na tabela, cinco pontos atrás do líder.

"É decepcionante não vencer, mas oito pontos ajudam no campeonato", disse ele.

"O escapamento quebrou e isso muda todos os parâmetros, além de abrir um enorme buraco na lateral do carro", acrescentou. "Nas últimas voltas o carro quase parou algumas vezes, então acho que com mais alguma voltas não teríamos terminado a corrida".

"Por sorte o carro foi forte o suficiente e agüentou, então mesmo com o escapamento quebrado ainda fomos rápidos o bastante e tínhamos vantagem suficiente diante do terceiro colocado para manter a segunda colocação".

Os oito pontos foram os primeiros de Raikkonen desde seu terceiro lugar na Turquia no mês passado e lhe permitiram ultrapassar Lewis Hamilton, da McLaren, na pontuação geral.   Continuação...