Por 3,8 mi de euros, Vasco vende Coutinho, 16, à Inter de Milão

quarta-feira, 23 de julho de 2008 10:20 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O Vasco da Gama anunciou a venda para a Inter de Milão do seu meio-campista Philippe Coutinho, de 16 anos, que ainda nem estreou entre os profissionais.

Manuel Teixeira Rodrigues Fontes, diretor do clube carioca, disse que o negócio foi fechado no mês passado, ainda durante a gestão de Eurico Miranda. O novo presidente, Roberto Dinamite, já alertou os agentes dos jogadores que o comportamento do Vasco agora será diferente.

"Assim que assumimos, soubemos da venda do Philippe Coutinho", disse Fontes ao site do clube (www.crvascodagama.com.br). "Ele já havia sido vendido pelos diretores anteriores para a Inter de Milão."

De acordo com Fontes, o negócio foi fechado por 3,8 milhões de euros, mas Coutinho ainda vai passar mais dois anos no Vasco, se juntando ao clube italiano somente quando completar 18 anos.

O ex-atacante Dinamite, que substituiu o polêmico Eurico Miranda após 18 meses de disputa judicial, já anunciou que a partir de agora haverá "uma nova fase no Vasco" no que diz respeito à venda de jogadores, especialmente dos mais jovens. "Qualquer jogador das divisões de base é importante para o clube", afirmou ele.

"Queremos construir um time forte. A parceria entre agentes e o clube deve ser boa para ambas as partes. O jogador precisa ficar o maior tempo possível no clube," explicou.

Há alguns meses, o então presidente Eurico Miranda acusou o Real Madrid de fazer uma oferta por Coutinho à revelia do Vasco.

Ele disse na época que denunciou o Real à Fifa, alegando que o clube espanhol havia tentado burlar as regras ao oferecer ao pai de Coutinho um emprego que permitiria à família se radicar na Espanha legalmente.