Italiano Chiellini corre risco de fica fora da Copa por cotovelada

segunda-feira, 12 de maio de 2014 18:02 BRT
 

TURIM, 12 Mai (Reuters) - O zagueiro da Juventus Giorgio Chiellini foi suspenso por três partidas nesta segunda-feira por uma cotovelada em um adversário, o que pode deixá-lo de fora da seleção italiana para a Copa do Mundo por indisciplina.

A corte disciplinar da Séria A italiana disse em comunicado que Chiellini foi considerado culpado pela cotovelada no jogador da Roma Miralem Pjanic, em um incidente longe da bola durante a vitória da Juve por 1 x 0, no estádio Olímpico, no domingo.

O tribunal usou um vídeo como evidência para tomar a decisão, já que o incidente não foi visto pelo árbitro.

Chiellini é uma peça-chave da equipe da Itália, mas agora vai ter que esperar para ver se o incidente afeta ou não suas chances para o Mundial. Terça-feira é o último dia para as seleções divulgarem suas convocações prévias de 30 jogadores para o torneio em junho e julho no Brasil.

O técnico italiano Cesar Prandelli implantou um rígido código de ética desde que assumiu o cargo em 2010, e deixou de convocar uma série de jogadores devido a incidentes similares.

O atacante Mattia Destro, suspenso por quatro partidas por uma cotovelada numa adversário em abril, foi a mais recente vítima, após não ter se apresentado à seleção italiana para dois dias de testes físicos em abril.

Prandelli alertou ao time: “Qualquer um que fizer besteira vai ficar em casa, porque isso vai significar que não podem lidar com a pressão de uma Copa do Mundo”.

O zagueiro central Chiellini tem sido o bastião da defesa italiana desde que Fábio Cannavaro deixou a seleção após a Copa de 2010, e tem conquistado fãs dentro e fora da Itália por causa de sua raça e disposição em campo.

A Itália está no Grupo D da Copa do Mundo, junto com Inglaterra, Uruguai e Costa Rica.

(Reportagem de Brian Homewood)