Nasri fica fora da seleção da França para o Mundial

terça-feira, 13 de maio de 2014 17:05 BRT
 

Por Julien Pretot

PARIS (Reuters) - Samir Nasri, peça fundamental na trajetória do Manchester City na conquista do título do Campeonato Inglês, ficou fora da lista de 23 jogadores anunciada nesta terça-feira pelo técnico da seleção da França, Didier Deschamps, para a Copa do Mundo.

O nome de Nasri, que tem uma reputação de encrenqueiro e teve desempenho desapontador no primeiro jogo da repescagem entre França e Ucrânia pelas eliminatórias, foi uma das ausências mais notáveis junto com o defensor Éric Abidal.

Abidal, que foi pouco usado por Claudio Ranieri no Mônaco durante a segunda metade da atual temporada, teve o nível de suas exibições considerado abaixo do necessário para ir ao Brasil.

A rádio francesa RMC noticiou que Abidal, de 34 anos, está se aposentando do futebol.

“Samir é um jogador importante para o Manchester City, mas ele não tem tido uma performance tão boa pela França”, disse Deschamps à TV francesa TF1.

“Ele é titular no City, o que não é o caso com a França, e ele deixou claro que não está feliz quando não é assim (titular), e eu posso dizer a você que isso é sentido pelo time. Eu reuni o melhor elenco, eu não escolhi os 23 melhores jogadores franceses”, acrescentou.

Nasri foi suspenso por três partidas depois de usar palavras inadequadas para se dirigir a um repórter logo após a derrota da França por 1 x 0 ante a Espanha nas quartas de final da Euro 2012.

Quem também ficou fora foi o lateral do City Gael Glichy, convocado para a Copa do Mundo de 2010 e Euro 2012 mas preterido por Deschamps desta vez a favor do inexperiente Lucas Digne, do Paris St. Germain.   Continuação...