Gilardino fica fora de convocação prévia da Itália; Cassano entra na lista

terça-feira, 13 de maio de 2014 17:53 BRT
 

Por Brian Homewood

TURIM (Reuters) - Os atacantes Alberto Gilardino e Luca Toni ficaram de fora dos 30 nomes convocados provisoriamente pela Itália para a Copa do Mundo, enquanto Giuseppe Rossi e o controverso Antonio Cassano foram incluídos na convocação desta terça-feira.

O técnico Cesare Prandelli convocou também Giorgio Chiellini, uma decisão que deve levantar controvérsias, já que o anúncio ocorre um dia depois de o zagueiro, peça-chave na defesa italiana, ter sido suspenso por três partidas por ter dado uma cotovelada num adversário.

Rossi, afastado dos gramados por cerca de dois anos com um rompimento dos ligamentos do joelho direito, fez um impressionante retorno na atual temporada, até sofrer outra contusão, menos grave, no mesmo joelho em janeiro.

Ele acaba de retornar pela segunda vez, marcando um gol na partida contra o Sassuolo, há uma semana, e dando assistência para outro contra o Livorno, no último domingo, ambas partidas pelo Campeonato Italiano.

Quando em forma, o atacante da Fiorentina é tido como um dos melhores jogadores italianos e uma alternativa útil ao instável Mario Balotelli para liderar o ataque.

O atacante do Parma Cassano, cuja carreira tem sido marcada por desentendimentos e brigas, ainda não jogou pela Itália desde que liderou o ataque na Euro-2012, ao lado de Balotelli, mas ganhou nova chance após marcar 12 gols e mostrar desempenhos impressionantes na atual temporada por seu clube.

Cassano disse recentemente ter perdido 10 quilos apostando de que iria ao Mundial.

Gillardino, que jogou nas Copas de 2006 e 2010, marcou 15 gols pelo Gênova nessa temporada, mas isso não foi o bastante para Prandelli.   Continuação...