Uefa pede à Ucrânia que realize jogos em cidades seguras

quinta-feira, 15 de maio de 2014 19:25 BRT
 

Por Igor e Nitsak

KIEV (Reuters) - A instabilidade política na Ucrânia está começando a afetar o panorama esportivo do país, uma vez que a Uefa pediu às autoridades que realizem grandes partidas nas regiões mais seguras do oeste ucraniano.

A Uefa, entidade que dirige o futebol europeu, escreveu à federação de futebol da Ucrânia dizendo considerar Kiev e Lviv as únicas cidades seguras o suficiente para sediar partidas no futuro próximo.

Uma disputa europeia sub-21 entre Ucrânia e Letônia, marcada para o dia 8 de junho em Cherkasy, foi transferida para Kiev, e duas classificatórias para a Copa do Mundo feminina contra Inglaterra e Montenegro no mesmo mês acontecerão como planejado em Lviv.

A final da Copa da Ucrânia entre o Dynamo Kiev e seu arquirrival Shakhtar Donetsk nesta quinta-feira foi transferida da cidade de Kharkiv, no leste, para Poltava, no sul do país. O Dynamo venceu por 2 x 1 depois da expulsão de dois jogadores após uma grande briga nos acréscimos do jogo.

Os torcedores do Dynamo e do Donetsk, representando as regiões oeste e leste, deixaram a rivalidade de lado antes da partida e fizeram uma passeata pacífica em apoio à unidade do país.

Cidades como Kharkiv, Donetsk, Mariupol, Zaporizhya e Luhansk foram consideradas fora de cogitação, já que separatistas pró-Rússia armados continuam a se chocar com apoiadores leais ao governo.

“Com respeito às preocupações com a segurança na Ucrânia, informamos que alguns times já expressaram sua inquietação”, informou a Uefa em uma carta à federação de futebol da Ucrânia.

“Consequentemente, o comitê executivo da Uefa chegou à decisão de que a Ucrânia pode realizar os jogos em junho com a condição de que sejam disputados em Kiev ou Lviv."   Continuação...