ENTREVISTA-Aguero diz que ausência de Tevez na Copa não é surpresa

sexta-feira, 16 de maio de 2014 17:44 BRT
 

Por Patrick Johnston

CINGAPURA (Reuters) - O zagueiro Martín Demichelis fez completamente por merecer o retorno à seleção argentina, e Carlos Tevez nunca poderia integrar o elenco devido às diferenças com o técnico Alejandro Sabella, disse o atacante Sergio Aguero em entrevista à Reuters.

Apesar de seus desempenhos brilhantes pela Juventus na conquista do título italiano, Tevez nunca fez parte dos planos de Sabella e acabou fora da lista preliminar de 30 convocados para o Mundial no Brasil, anunciada pelo treinador na terça-feira.

Aguero, jogador do Manchester City e peça-chave no implacável ataque argentino junto com Lionel Messi e Gonzalo Higuaín, sabia que Tevez não retornaria.  

“Isso foi discutido há três anos, desde que o treinador foi contratado, pois sabíamos que não havia relação entre eles”, afirmou Aguero, de 25 anos, em entrevista realizada nesta sexta-feira em Cingapura.

“Nunca o chamou antes, então não foi uma surpresa que não tenha sido convocado dessa vez. Seria uma ótima pergunta para o técnico”, acrescentou o atacante, evitando entrar em polêmica maior.

A surpresa da lista poderia ser retorno de Demichelis, que desde sua chegada ao Manchester City, no início da temporada, tem sido alvo frequente de provocações por parte das torcidas adversárias devido a sucessivos erros.

A última atuação pela Argentina do ex-zagueiro do River Plate e Bayern de Munique foi no empate em 1 x 1 em casa contra a Bolívia, em novembro de 2011, pelas eliminatórias da América do Sul, mas ele demonstrou um sólido rendimento durante as últimas semanas que levaram o City ao título do Campeonato Inglês.

Enquanto Aguero tem lugar certo como titular nas partidas do Grupo F contra Bósnia, Irã e Nigéria, Demichelis, de 33 anos, espera ao menos integrar a lista definitiva de 23 jogadores que irão para o Brasil. O zagueiro tem recebido apoio para chegar ao objetivo.   Continuação...