Parreira minimiza atraso na preparação do Brasil e aposta na força da torcida

quinta-feira, 22 de maio de 2014 17:19 BRT
 

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O coordenador técnico da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, minimizou o fato de o Brasil ser uma das ultimas seleções do mundo a iniciar a preparação da Copa do Mundo que será realizada no país e disse ter a certeza de que a equipe terá a torcida como uma das principais aliadas para conquistar o hexacampeonato.

Ao lado da Espanha, que tem dois times na final da Liga dos Campeões da Europa, o Brasil será uma das últimas seleções classificadas para a Copa do Mundo a iniciar a sua preparação para o Mundial.

O Brasil se apresenta na Granja Comary na segunda-feira, embora por determinação da Fifa, atletas convocados por Felipão não estejam mais liberados para defender seus clubes desde a última segunda feira.

“Não estamos preocupados com isso. Estamos prontos desde a Copa das Confederações no ano passado”, disse Parreira a jornalistas em um evento do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), no Rio de Janeiro.

Parreira acha que essa semana de “atraso” na preparação será importante para o corpo e para a mente dos jogadores. Ele destacou que se o Brasil chegar a final da Copa, os atletas brasileiros ficarão dedicados e focados na seleção por 46 dias.

“Esses três ou quatro dias a mais que eles terão serão importantes para eles e acho mais que merecido para quem jogou longas temporadas. Eles virão com as energias carregadas”, frisou o coordenador do Brasil.

“Quarenta e seis dias são uma maratona até a final e nós estaremos lá”, garantiu.

O Brasil estreia na Copa do Mundo no dia 12 de junho, em São Paulo, contra a Croácia, que teve dois jogadores cortados recentemente. Um por proferir insultos nazistas e outro por questão física.

“Não vejo vantagem para o Brasil nisso. Eles são pródigos em ter bons atletas assim como o Brasil. Se amanhã for cortado um ou outro, a seleção vai continuar forte. Isso vale para Argentina, Espanha e outras seleções”, avaliou Parreira   Continuação...