Em recuperação, chileno Vidal se exige "ao máximo" para disputar Copa

quinta-feira, 22 de maio de 2014 18:30 BRT
 

SANTI (Reuters) - O meia chileno Arturo Vidal, que se recupera de uma operação no joelho, está dando o “máximo” em sua recuperação para estar com a seleção chilena que vai jogar a Copa do Mundo no Brasil a partir de 12 de junho, afirmou nesta quinta-feira um de seus companheiros.

Vidal, que brilhou atuando pela campeã italiana Juventus, é considerado o melhor jogador da seleção do Chile e foi operado no início do mês devido a um rompimento no menisco do joelho direito, o que exige várias semanas fora dos campos.

“Arturo vai bem, muito ativo, está muito bem de humor, com muita vontade de já retornar aos trabalhos, assim que se sentir recuperado”, disse o volante Marcelo Díaz em uma coletiva de impressa no centro de treinamento da seleção.

“Está trabalhando com o fisioterapeuta diariamente e se exigindo ao máximo com o sonho de jogar esse Mundial”, acrescentou o jogador do campeão suíço Besileia e provável titular no meio-campo do Chile.

Vidal tem se mostrado otimista sobre a sua reabilitação, apesar de os médicos responsáveis pela operação terem sido cautelosos, evitando dar prazos para o retorno dele às quatro linhas.

Restam 22 dias para que o jogador se recupere, já que o Chile estreia na Copa em 13 de junho contra a Austrália, em Cuiabá.

O Chile foi sorteado para o Grupo B, no qual enfrenta os atuais campeões da Espanha, a finalista de 2010 Holanda e a Austrália.

(Reportagem de Felipe Iturrieta)