Rosberg é investigado após pole em Mônaco

sábado, 24 de maio de 2014 11:34 BRT
 

Por Alan Baldwin

MÔNACO (Reuters) - O alemão Nico Rosberg conquistou uma pole position polêmica no Grande Prêmio de Mônado neste sábado depois de um incidente que tirou de Lewis Hamilton, seu companheiro de equipe na Mercedes e líder do campeonato, a chance de derrotá-lo.

Fiscais abriram uma investigação imediata para analisar a fritada de pneus de Rosberg na curva Mirabeau nos segundos finais, que forçou a bandeira amarela em um momento crucial da classificação.

Hamilton, vencedor das quatro últimas corridas, teve que se contentar com o segundo lugar depois de abortar a última volta.

"Achei que era o fim", disse sorridente Rosberg, vencedor do ano passando e principal adversário de Hamilton na disputa pelo título. "Estou feliz por ter dado certo. Uma pole em casa é fantástico – não podia ser melhor".

"Claro que lamento o que aconteceu com Lewis. Eu não sabia aonde exatamente ele estava. Mas quando dei ré não vi quem vinha atrás. Claro que não é legal, mas a situação é essa", acrescentou.

Hamilton, com um sorriso forçado, disse ser 'irônico' que seu rival garanta a pole de tal maneira.

O britânico está três pontos à frente de Rosberg depois de cinco provas, todas vencidas pela Mercedes, que também largou na pole em todas elas e teve quatro dobradinhas no pódio.

O australiano Daniel Ricciardo irá largar em terceiro com sua Red Bull, e seu companheiro de equipe e tetracampeão Sebastian Vettel ao seu lado na quarta posição.

Fernando Alonso e Kimi Raikkonen garantiram vaga para suas Ferrari na terceira fila do grid.