Austrália embarca com time ofensivo para o Brasil e espera surpreender

quarta-feira, 28 de maio de 2014 09:51 BRT
 

Por Nick Mulvenney

SYDNEY (Reuters) - A seleção da Austrália embarcou para a Copa do Mundo nesta quarta-feira convencida de que seu estilo ofensivo pode ajudá-la a surpreender em um dos grupos mais difíceis do Mundial.

Cerca de 100 pessoas foram ao aeroporto de Sydney se despedir e incentivar o elenco de 27 homens, que será reduzido a 23 na segunda-feira.

O técnico Ange Postecoglou convocou um time experiente com um punhado de jogadores chamados para seu terceiro Mundial consecutivo. Entre eles está o meia Mark Bresciano, que assumiu o peso de campanhas bem-sucedidas dos australianos na última década, o que gerou expectativas sobre o desempenho da seleção, mesmo que eles sejam a seleção na Copa com a pior colocação no ranking da Fifa, apenas na 59ª posição.

"É sempre um sonho ir ao Mundial, independentemente de ser o seu primeiro ou terceiro. Estou tão animado quanto em 2006", disse ele aos jornalistas no aeroporto.

"Nós estamos em um grupo muito difícil, mas vamos tentar e fazer nosso país orgulhoso, e nós mesmo orgulhosos, e vamos tentar surpreender o mundo."

Sorteados para um grupo que inclui os atuais campeões da Espanha, os finalistas em 2010 da Holanda e o Chile, qualquer resultado que não seja uma derrota em qualquer um dos três jogos seria considerado uma surpresa.

Postecoglou, que assumiu o time das mãos Holger Osieck em outubro e modificou todo o grupo, prometeu que seu time não vai tentar segurar os resultado se fechando na defesa.

"Se você vai com essa mentalidade de ficar recuado, eventualmente você acaba perdendo a partida, porque o jogo dura 90 minutos e os times vão eventualmente te derrotar", disse Bresciano.

"Eu acho que se vamos ter qualquer chance de obter algum resultado, vamos ter que atacar e tentar atingi-los."

A estreia da Austrália no Mundial será contra o Chile, no dia 13 de junho, na Arena Pantanal, em Cuiabá.