CURTAS-Psicóloga fará palestra a jogadores para evitar trauma de 1950

quarta-feira, 28 de maio de 2014 15:44 BRT
 

TERESÓPOLIS Rio de Janeiro (Reuters) - A perda do Mundial em casa para o Uruguai em 1950 será tema da palestra que a psicóloga Regina Brandão fará aos jogadores da seleção brasileira na noite desta quarta-feira na Granja Comary, para evitar qualquer impacto negativo sobre os atletas do trauma vivido há 64 anos.

"Há atletas que vão pela primeira vez (disputar um Mundial) e é importante não fazer nenhum link com o que aconteceu em 1950”, afirmou o médico da seleção brasileira, José Luiz Runco.

Até o capitão da equipe, Thiago Silva, reconheceu nesta quarta que a seleção sabe da "pressão" para conquistar o título em casa devido ao "Maracanazo" de 1950.

Regina, que acompanha o técnico Luiz Felipe Scolari em seus trabalhos há muitos anos, está entre os vários convidados que vão falar ao time durante a preparação para a Copa, incluindo ex-jogadores campeões mundiais e outras personalidades do futebol.

IMUNIDADE

Preocupada com o frio de Teresópolis e com a provável diferença de temperatura que a seleção vai enfrentar entre o local de treinamentos e algumas cidades-sede do Mundial, a equipe médica do Brasil iniciou uma reposição de vitaminas em todos os jogadores para aumentar a imunidade.

O primeiro treino da equipe em campo na Granja Comary, em Teresópolis (RJ), foi disputado sob frio de 17 graus Celsius e chuva persistente, nesta quarta. A temperatura deve ser bem diferente disso, por exemplo, no segundo jogo do Brasil na primeira fase da Copa, contra o México, em Fortaleza.

  Continuação...