Serena choca ao ser eliminada em Roland Garros, Djokovic e Federer passeiam

quarta-feira, 28 de maio de 2014 21:03 BRT
 

Por Robert Woodward

PARIS (Reuters) - Serena Williams foi pega no contrapé no Aberto da França nesta quarta-feira por uma espanhola de 20 anos que derrotou a atual campeã com parciais de 6-2 e 6-2, pela segunda rodada, tornando-se a grande surpresa do torneio.

A derrota da norte-americana por Garbine Muguruza ocorreu uma hora depois de sua irmã, Venus Williams, também ser eliminada por outra jovem tenista, a eslovaca Anna Schmiedlova, de 19 anos, uma derrota que arruinou as chances de um possível último confronto entre as famosas irmãs em um torneio de Grand Slam.

Mas Maria Sharapova, finalista derrotada no ano passado, e Agnieszka Radwanska, as mais bem colocadas no ranking ainda no torneio, se sacrificaram para seguir adiante, em um dia no qual foi preciso mangas compridas e leggings para suportar o frio de Paris.

Os principais homens, Novak Djokovic, Roger Federer, Tomas Berdych e Milos Raonic, mostraram poucas fragilidades para progredir à terceira rodada, com apenas um set perdido entre os quatro.

“Eu acho que nada deu certo para mim. Foi um daqueles dias, você não pode estar por cima (do jogo) todos os dias”, disse Serena. “Não é o fim do mundo, tem sempre o ano que vem.”

A número um do mundo disse estar orgulhosa por Muguruza, que vibrou muito na quadra ao conseguir o ponto final.

“É incrível”, disse Muguruza. “Tive que ser muito agressiva e focada... Hoje é um grande dia, estou tão feliz”, gritou a espanhola.

Após a derrota da chinesa Na Li ainda na primeira rodada, na terça, esta é a primeira vez desde que o tênis se profissionalizou em 1968 que as duas primeiras colocadas no ranking não chegam à terceira rodada de um torneio de grand slam.   Continuação...