29 de Maio de 2014 / às 22:34 / em 3 anos

Colombianos prometem honrar companheiros cortados por contusão

BUENOS AIRES (Reuters) - A seleção colombiana que se prepara para jogar o Mundial já sofreu várias baixas causadas por lesão nas últimas semanas, mas os jogadores que permaneceram no elenco prometeram dar o melhor de si para honrar aqueles que ficaram de fora. 

Na quarta-feira, o meia Edwin Valencia se tornou o mais recente desfalque da equipe colombiana, ao não conseguir se recuperar de uma lesão muscular.

“Tem sido muito triste para a equipe (a saída de Valencia). É muito triste saber que não vai estar”, disse nesta quinta o defensor Carlos Valdés, em Buenos Aires.

A Colômbia treina na capital argentina com 26 jogadores antes do Mundial no Brasil. O time já sofreu com os cortes dos meias Macnelly Torres e Elkin Soto, assim como do zagueiro Aquivaldo Mosquera.

“Estamos lutando para trazer alegrias aos que não podem ir”, afirmou, por sua vez, o atacante Luis Muriel. “Vamos dar de tudo em nome daqueles que não vão estar (com a gente)”, acrescentou.

A Colômbia, no entanto, está prestes ao que poderia ser um duro golpe, caso a sua grande estrela Radamel Falcao García não possa ir ao Mundial devido a uma lesão no joelho, sofrida em janeiro.

“É difícil quando alguém da família fica de fora”, disse o goleiro David Ospina.

O treinador argentino José Pekerman tem até o dia 2 de junho para entregar a lista definitiva de 23 jogadores que irão ao Mundial.

Antes de deixar Buenos Aires, a Colômbia vai enfrentar Senegal e Jordânia em dois amistosos, nos quais Pekerman vai tentar dar os retoques finais à equipe.

Na primeira rodada do torneio, que vai ser disputado entre 12 de junho e 13 de julho, a equipe sul-americana integra o Grupo C, junto com Japão, Grécia e Costa do Marfim.

MURIEL

O atacante Muriel desmentiu nesta quinta as notícias de que estaria lesionado e se mostrou confiante no que sua equipe pode fazer no Mundial.

Muriel, de 23 anos, disse estar com físico perfeito, apesar de reportagens publicadas nos últimos dias terem informado que seu lugar no elenco estaria ameaçado por problemas físicos.

“Estou feliz de estar trabalhando por um lugar no Mundial. Estou em grande forma física”, disse o atacante aos jornalistas em Buenos Aires.

“Quero desmentir os rumores sobre uma suposta lesão. Estou 100 por cento fisicamente”, afirmou o atacante do Udinese, que devido a uma entrada dura ficou de fora dos últimos jogos do Campeonato Italiano.

Reportagem de Luis Ampuero

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below