Blatter terá encontro com Dilma antes do Mundial: "estamos no mesmo barco"

sexta-feira, 30 de maio de 2014 15:11 BRT
 

TERESÓPOLIS Rio de Janeiro (Reuters) - O presidente da Fifa, Joseph Blatter, terá um encontro em Brasília com a presidente Dilma Rousseff em 2 de junho, a 10 dias da abertura da Copa do Mundo, em que ambos vão se desejar "sorte" no Mundial uma vez que estão no mesmo barco, disse o dirigente suíço nesta sexta-feira.

Blatter vai chegar ao Brasil para a Copa do Mundo em 1o de junho, em São Paulo, e no dia seguinte viajará à capital federal para o encontro com Dilma. Durante a semana o dirigente estará envolvido em reuniões com o comitê organizador do Mundial e em encontros do comitê executivo da Fifa.

Em 10 e 11 de junho, haverá o Congresso da Fifa, em São Paulo, onde no dia 12 o Brasil enfrentará a Croácia na partida de abertura da Copa do Mundo.

"Minha primeira visita será naturalmente à senhora Dilma Rousseff, a presidente, é uma questão de educação, respeito, e para desejar a ela tudo de melhor, e ela fará mesmo por mim porque estamos mo mesmo barco", disse Blatter em entrevista ao site da Fifa nesta sexta-feira.

"E o barco é realizar a melhor Copa do Mundo possível, ou a melhor Copa do Mundo de todos os tempos", acrescentou.

Apesar de estarem "no mesmo barco", Blatter e Dilma já trocaram farpas sobre a organização do Mundial.

Em janeiro, o presidente da Fifa afirmou que o Brasil era o país mais atrasado na organização para uma Copa do Mundo desde que ele entrou na Fifa, em 1972. Em resposta, Dilma usou o Twitter para reiterar que o Brasil fará a "Copa das Copas", termo que tem utilizado para descrever a competição.

A maior crise entre o governo e a Fifa foi protagonizado pelo número 2 de Blatter na entidade, Jérôme Valcke, que em 2012 disse que o Brasil precisava levar "um chute no traseiro" para acelerar os preparativos.

A menos de duas semanas da abertura do Mundial, e mesmo com obras atrasadas e outras que não ficarão prontas a tempo, a Fifa tem repetido um tom otimista com relação à Copa do Mundo.   Continuação...