CURTAS-Felipão terá estratégia de comunicação na Copa de olho em apoio local

sexta-feira, 30 de maio de 2014 15:17 BRT
 

Por Pedro Fonseca

TERESÓPOLIS, Rio de Janeiro (Reuters) - A estratégia de comunicação do técnico Luiz Felipe Scolari terá como foco angariar apoio local para a seleção brasileira durante a disputa da Copa do Mundo em casa.

Desde que chegou ao centro de treinamento da Granja Comary, em Teresópolis (RJ), Felipão já concedeu entrevistas exclusivas para duas emissoras de TV aberta e deve falar também com canais esportivos a cabo. Felipão pode também falar a jornais de cidades onde a seleção for jogar. A imprensa estrangeira está descartada.

Além das entrevistas, o técnico autorizou a gravação durante o treino de na quinta-feira de um quadro do programa do apresentador de TV Luciano Huck, com um jovem vítima de uma doença rara que é fã de futebol. Segundo a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o próprio Felipão convidou Huck e o jovem de 17 anos para contar sua história aos jogadores brasileiros.

VISITA DE HELICÓPTERO

O presidente da CBF, José Maria Marin, e o presidente eleito da entidade, Marco Polo Del Nero, desembarcaram nesta sexta-feira na Granja Comary de helicóptero para visitar os jogadores que estão concentrados no local em preparação para a Copa do Mundo.

Abordado por jornalistas, o dirigente disse que a reforma realizada no centro de treinamento visando o Mundial, estimada em 15 milhões de reais, teve como objetivo "não apenas dar conforto, segurança e privacidade aos jogadores", mas também levou em conta uma preocupação com o trabalho dos jornalistas.

"Qualquer coisa é só ligar", disse o dirigente, como se todos os repórteres tivessem acesso ao telefone celular dele.   Continuação...