Bernard se machuca e abandona treino da seleção

sábado, 31 de maio de 2014 12:51 BRT
 

Por Pedro Fonseca

TERESÓPOLIS Rio de Janeiro (Reuters) - O meia-atacante Bernard sentiu dores no pé direito e abandonou o treino coletivo realizado pela seleção brasileira neste sábado, em que o técnico Luiz Felipe Scolari indicou que deve poupar Thiago Silva do amistoso de terça-feira contra o Panamá ao colocá-lo no time reserva.

Bernard, caçula da seleção com 21 anos, sofreu um choque com Paulinho em que ambos precisaram receber rápido atendimento em campo. Pouco depois, o meia deixou o campo sozinho e sentou-se no banco de reservas com cerca de 30 minutos de coletivo.

O jogador conversou com os médicos do Brasil e recebeu tratamento com gelo no local. Ele então seguiu em direção ao vestiário caminhando sem chuteira no pé direito enquanto o treinamento prosseguia.

Bernard, jogador leve que busca sempre o drible e um dos reservas mais utilizados por Felipão no decorrer de partidas, foi vítima de jogadas mais duras ao longo de toda a semana de preparação do Brasil.

O treino coletivo deste sábado no centro de treinamento da Granja Comary, em Teresópolis (RJ), foi o primeiro realizado pela equipe desde o início da preparação para a Copa do Mundo, em 26 de maio. Os titulares venceram por 2 x 0, gols de Oscar e Neymar, e Hulk foi um dos destaques.

O zagueiro e capitão Thiago Silva disputou toda a atividade entre os reservas, reforçando a possibilidade de ser poupado do amistoso de terça-feira em Goiânia contra o Panamá, o primeiro jogo de preparação do Brasil para o Mundial. O time começou com Dante ao lado de David Luiz e depois testou também Henrique na zaga titular.

A comissão técnica do Brasil já antecipou que alguns jogadores podem ser poupados nessa partida e também no jogo de sexta-feira contra a Sérvia, em São Paulo, para se recuperarem fisicamente após uma temporada desgastante por seus clubes na Europa.

Outro jogador cotado para descansar é Oscar, que saiu do treinamento deste sábado para deixar os dois times com 10 jogadores em campo depois que Bernard abandonou a atividade.

No treino coletivo, que durou cerca de 50 minutos e foi acompanhado por um grupo de convidados de patrocinadores da CBF, Felipão ainda testou Willian no lugar de Hulk entre os titulares.

Preocupada com o desgaste dos jogadores, a comissão técnica da seleção brasileira cancelou os treinos que seriam realizados à tarde tanto neste sábado como no domingo, além de ter poupado alguns atletas de treinos físicos realizados durante a semana.