Ferrer passa fácil por Seppi e chega às oitavas em Paris

sábado, 31 de maio de 2014 14:08 BRT
 

PARIS (Reuters) - Como sempre, David Ferrer está desempenhando seu papel de "suplente" do principal tenista espanhol à perfeição.

Entra em quadra, completa sua tarefa com rapidez e eficiência e libera a área para que Rafael Nadal dê ao público o que realmente quer.

Foi assim neste sábado em Roland Garros, quando o quinto cabeça de chave derrotou o italiano Andreas Seppi por 6-2, 7-6(2) e 6-3, terminando pouco antes de o campeão Nadal enfrentar e derrotar o argentino Leonardo Mayer em 6-2, 7-5 e 6-2.

No ano passado, os dois espanhóis compartilharam o protagonismo chegando à final, que Nadal venceu sem surpresas.

Mas este ano pode ocorrer uma troca de papéis caso se encontrem nas quartas de final do Aberto da França.

Em Montecarlo, em abril, Ferrer derrotou Nadal nas quartas de final, uma das três derrotas que o número um do mundo sofreu este ano no saibro, a priori seu piso favorito.

Derrotar Nadal em cinco sets é uma tarefa muito mais difícil, mas as últimas atuações de Ferrer em Paris mostram que ele está próximo dos melhores, mesmo tendo relaxado um pouco e deixado Seppi encostar no segundo set, quando ganhava em 3-2 e 40-15.

O tenista de 32 anos recuperou a concentração, venceu no tiebreak e se levou a partida após duas horas de jogo, perdendo só 15 games em suas primeiras duas partidas.

"Refleti demais e achei que estava cometendo muitos erros", disse Ferrer. "Gostaria de ter sido mais regular com meu backhand e mais consistente, mas mesmo assim estou contente".

Com esta vitória, Ferrer alcançou as oitavas de final de seus 16 últimos Grand Slams.

(Por Robert Woodward)