Suárez lidera seleção uruguaia apesar de operação no joelho

sábado, 31 de maio de 2014 14:21 BRT
 

MONTEVIDÉU (Reuters) - O atacante Luis Suárez irá liderar a seleção uruguaia na Copa do Mundo do Brasil, informou neste sábado a Associação Uruguaia de Futebol ao divulgar a escalação do técnico Óscar Tabárez.

Suárez, um dos melhores jogadores do mundo na atualidade, foi operado há poucos dias de uma lesão de menisco que sofreu na última partida que disputou com o Liverpool no Campeonato Inglês.

Independentemente deste problema físico, Tabárez decidiu escalá-lo em seu combinado de 23 jogadores, confiando que irá se recuperar a tempo para integrar o time.

O treinador, que apostará em uma equipe semelhante ao time que atuou na África do Sul de 2010, dispensou os meio-campistas Sebastián Eguren e Alejandro Silva.

Também ficaram de fora três jogadores que estavam à disposição, mas que não treinaram com a "Celeste": o zagueiro Andrés Scotti e os meio-campistas Alvaro Fernández e Gonzalo Castro.

O Uruguai, que integra um duro Grupo D no Mundial, estreará contra a Costa Rica em 14 de junho, para em seguida jogar em 19 de junho com a Inglaterra e em 24 de junho com a Itália.

Os uruguaios derrotaram a Irlanda do Norte por 1 x 0 em um amistoso na sexta-feira, sem a presença de Suárez, com um gol do atacante Cristhian Stuani aos 61 minutos.

Em 4 de junho o selecionado irá jogar seu último amistoso em Montevidéu contra a Eslovênia antes de partir para a Copa del Mundo, que será disputada entre 12 de junho e 13 de julho no Brasil.

Os jogadores convocados são: Fernando Muslera, Martín Silva, Rodrigo Muñoz; Diego Lugano, Diego Godín, José María Giménez, Martín Cáceres, Maximiliano Pereira, Jorge Fucile, Sebastián Coates; Egidio Arévalo Ríos, Walter Gargano, Diego Pérez, Álvaro González, Álvaro Pereira, Cristian Rodríguez, Gastón Ramírez , Nicolás Lodeiro; Luis Suárez, Edinson Cavani, Diego Forlán, Abel Hernández, Cristhian Stuani.

(Por Malena Castaldi)